Desmoralizar, desacreditar, imobilizar: solapando direitos!

A tática do cerco na tourada é uma lição para o nosso aprendizado prático: na era da hegemonia dos Mercados, os verdadeiros poderosos prescindem da persuasão e do uso da força. A especialização do controle comportamental está na técnica da Manipulação: é quase invisível, não dói e não deixa marcas físicas… Além do mais, o objetivo da influência visa interferir nos processos de decisão, de escolhas. Daí o prestígio de sua eficácia: o manipulado pensa que age de acordo com “sua própria” opinião!

Assim como a autoridade do Estado sucedeu ao sacerdote da Religião, o marqueteiro está no posto de comando de onde se exerce o Poder Midiático na sociedade do consumo e da comunição.

 “Primeiro, eles desmoralizaram as lideranças dos trabalhadores acusando-as de corrupção. Não foi necessário provar nada, bastou a acusação com base em suspeitas artificialmente construídas e divulgadas amplamente pela mídia.
Depois, com os sindicatos e partidos de esquerda moralmente imobilizados, implementaram as mudanças que solaparam os direitos dos trabalhadores.”

[Taxista de Madri]

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora