Doria define data para começar a suspender a quarentena em São Paulo

Retomada "consciente" será feita de maneira gradual e observando os dados do coronavírus em cada região, afirma o governador

Jornal GGN – O governador João Doria (PSDB) anunciou nesta quarta (27) que a primeira fase de flexibilização da quarentena contra coronavírus começará no dia 1º de junho e deve seguir até o dia 15 de junho.

De acordo com o tucano, a retomada “consciente” deve manter as recomendações sanitárias como distanciamento social em espaços públicos e uso obrigatório de máscaras. A abertura será gradual e estará condicionada aos dados sobre a evolução da pandemia em cada região.

“A nova fase não é um relaxamento aos cuidados e segurança, mas um ajuste fino voltado às realidades regionais”, disse. “Ela será possível nas cidades que tiverem redução consistente no número de casos e disponibilidade de leitos nos hospitais públicos e privados, e obedecendo ao distanciamento social em espaços públicos e uso obrigatório de máscaras”, avisou.

Segundo Doria, a flexibilização poderá ser revogada se a equipe médica que assiste o Estado determinar, diante da piora dos indicadores. “Quero alertar que a retomada consciente parte da colaboração de todos. Parte também do princípio que estaremos monitoramento a evolução do processo. Se tivermos de dar um passo atrás e retomar medidas que agora estamos flexibilizando, não exitaremos em fazê-lo para proteger vidas. Bruno Covas [prefeito de São Paulo] e eu não temos compromisso com o erro.”

Em breve, mais informações.

Confira a coletiva de imprensa abaixo:

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Coronavírus: Parlamentares se organizam para derrubar vetos de Bolsonaro

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome