E o celular de Bebianno está no Brasil

Aparelho registrou um ano e meio de conversas do ex- ministro com o presidente Jair Bolsonaro e está "muito bem guardado"

Gustavo Bebianno, ex-ministro e ex-aliado de Bolsonaro, morto em março. Foto: Reprodução

Jornal GGN – O telefone celular que contém o registro de um ano e meio de conversas entre o ex-ministro Gustavo Bebianno e o presidente Jair Bolsonaro está “muito bem guardado” no Brasil.

Segundo a jornalista Thais Oyama, do portal UOL, o aparelho estava nos Estados Unidos aos cuidados da irmã de Bebianno. Antigo aliado de Bolsonaro, o ex-ministro revelou em entrevista à Jovem Pan ter guardado “um material, inclusive fora do Brasil” para o caso de algo lhe ocorrer. Bebianno morreu em março, por infarto.

Bebianno chegou a deletar o conteúdo do aparelho, mas arrependeu-se e conseguiu resgatar o conteúdo, em sua maioria em forma de áudio por WhatsApp.

Tal aparelho chegou a ser citado pelo empresário (e ex-aliado de Bolsonaro) Paulo Marinho, em entrevista à jornalista Andreia Sadi, do portal G1, no mês de maio.

“Esse celular tem registros de conversas dele durante um ano e meio de convívio da campanha, entre ele e todas as pessoas que participaram da campanha”, disse. “Eu não posso te dizer o que tem, até porque eu não tenho conhecimento, mas eu quero resgatar esse telefone, até pra saber o que tem ali, para acabar com essa dúvida, que é sua e que é minha também.”

 

Leia Também
Ex-aliado de Bolsonaro joga a toalha: “a vaca já foi para o brejo”
Paulo Marinho tenta recuperar antigo celular de Bebianno
Paulo Marinho diz ter “provas” do vazamento da PF sobre caso Queiroz
Do Banestado à Lava Jato: o passado de Sergio Moro

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

4 comentários

  1. Precisa de mais alguma coisa para mostrar o quanto este desgoverno precisa ser impedido?
    Não será suficiente tudo o que está aí? Os acobertamentos dado a fugitivos, a celebração de contratos que mais se parecem com ações entre amigos decididas em convescotes nas seitas neopentecostais, passando por crimes inomináveis cometidos na saúde, na economia, no meio ambiente, sem esquecer do silencio ante atrocidades cometidas contra as minorias.
    Tudo isso não basta para retirar do poder este grupo ou temos um congresso tao infame que vende o povo por menos de 30 moedas?

  2. A literatura permite, ou temos fatos mas não temos convicção…as instituições estão funcionando, com passos de tartarugas e ouvidos moucos???
    Ou quiçá, a lei seria para todos!?

  3. Há algum tempo coloquei o seguinte versículo de eclesiastes no meu velho carro ‘Debaixo do sol observei ainda o seguinte, a injustiça ocupa o lugar do direito e a iniquidade ocupa o lugar da justiça’. Ontem o Fernando Horta relembrou no 247 que o Celso de Mello arquivou todas as representações do Pt contra o moro. Se o decano do stf faz uma coisa desta, imagina o que se pode esperar da galera jurídica das instâncias inferiores? Então,gente boa, que acompanha o GGN, esquece. Pode vir o que quiser deste telefone do tal bibianno. Se a o povo mal da globo e do andar de cima não quiserem (e não querem)derrubar o bolsonaro, pode acontecer tudo, e relamente já aconteceu tantos absudos com o protagonismo deste psicótico da presidência, que não vai acontecer nada. Como disse o Lula, eles só querem educar o bozo pra manter o Guedes. Justiça nesta terra de ninguém, nem a pau.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome