Economistas apoiam Nassif e o GGN

Economistas se unem em apoio a Luis Nassif e Jornal GGN, contribuindo com a luta e com o esforço de sobrevivência da mídia independente.

CARTA DOS ECONOMISTAS EM APOIO AO JORNALISTA LUÍS NASSIF

Os signatários deste documento vêm a público protestar contra a perseguição jurídica sofrida pelo jornalista Luis Nassif – mais um exemplo claro da truculência antidemocrática que contaminou as mais importantes instituições do nosso Estado ao longo da última década. Luis Nassif não pode mais exercer sua profissão de jornalista livremente sem correr o risco de derrotas jurídicas financeiramente devastadoras, uma vez que seus adversários mais poderosos descobriram que podem contar com a simpatia de juízes parciais, prontos a condenar o jornalista mesmo em ações desprovidas de qualquer mérito.

O efeito prático das inúmeras ações movidas com efeito financeiramente esmagador contra o jornalista Luis Nassif é a sua censura por asfixia econômica. Simplesmente, não é possível ao jornalista continuar produzindo matérias jornalísticas que denunciem os atos corruptos e destrutivos perpetrados por atores poderosos quando a consequência é a ruína financeira imposta por condenações injustas. Quando mesmo denúncias jornalísticas amplamente fundamentadas expõem o jornalista ao risco de condenação em ações movidas pelos denunciados, nosso sistema judiciário acaba (re)convertido em ferramenta de proteção dos poderosos bem relacionados e de perseguição e intimidação contra seus adversários. No caso em tela, perde o Brasil, que deixa de contar com um dos mais competentes denunciantes de eventos lesivos contra os interesses da sociedade brasileira.

Além do prejuízo que a violação à liberdade de expressão e do exercício jornalístico de um membro importantíssimo da imprensa brasileira representam para a sociedade brasileira, cabe destacar também o prejuízo que a censura a Luis Nassif produz ao desenvolvimento do pensamento econômico brasileiro. É no Canal GGN, criado e mantido por Luis Nassif, que muitas das ideias econômicas divergentes da ortodoxia encontram espaço para serem divulgadas. A liberdade da imprensa e o livre debate de ideias são pilares do Estado Democrático de Direito. Sem diversidade de ideias, não há democracia e possibilidade de desenvolvimento do pensamento econômico. Sem desenvolvimento do pensamento econômico, permaneceremos eternamente condenados a repetir os mesmos erros e injustiças na gestão das nossas economias. 

VIGÍLIA PELA VIDA E PELA LIBERDADE

Setores da sociedade civil se juntaram em defesa da vida e da liberdade e em apoio a Luis Nassif. O caso de Nassif é um exemplo do que acontece hoje no país, com perseguições e sufocamentos para que a vida seja colocada em segundo plano e a liberdade seja só um sonho distante. Unidos, esses setores criaram um manifesto, uma vigília constante, para que tais preceitos não se percam de nós, brasileiros.

Assine o manifesto e divulgue, para que todos possamos lutar a boa luta. Clique AQUI

JORNAL GGN: FINANCIAMENTO EMERGENCIAL

E, lutando contra a perseguição jurídica e disposto a se manter atuante, o Jornal GGN lança uma campanha emergencial para fazer frente às dificuldades enfrentadas. Uma ajuda de seis meses para levantar o site, que sofreu com ataques hackers, e modernizar a estrutura, uma forma de prosseguir atuante e na luta. A campanha dura seis meses e sua contribuição é muito importante para o GGN.

CLIQUE AQUI PARA SE JUNTAR A NÓS: FINANCIAMENTO COLETIVO

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora