Economistas reforçam as expectativas para a taxa Selic em 2018

Os economistas de instituições financeiras consultados pelo Banco Central do Brasil (BACEN) reforçaram suas projeções para a Selic até o final de 2018.

 

Divulgada na segunda-feira (20) pelo Boletim Focus, a expectativa é que a taxa Selic continue se mantendo em 6,5% ao ano. Este fator faz com que a poupança continue com baixo desempenho.

 

Os juros da poupança hoje são definidos levando em consideração duas taxas: taxa Selic e a Taxa Referencial (TR). Para entender sobre os papéis dessas duas taxas para a poupança, é importante entender sobre o cálculo da rentabilidade.

 

Com a taxa Selic em 6,5%, o rendimento da poupança é calculado da seguinte forma: 70% da Selic + Taxa Referencial (TR) no mês. Caso a Selic esteja com percentual acima de 8,5%, então a poupança teria rendimento de 0,5% + TR a cada mês.

 

A taxa básica de juros segue em seu menor patamar histórico, o que atrapalha os brasileiros que possuem dinheiro na poupança. No decorrer de 2018, os juros mensais da poupança apresentaram valor médio de 0,37%, e têm a probabilidade de chegar a um rendimento de aproximadamente 5% no ano.

 

Existem outras aplicações conservadoras no mercado, que apresentam rentabilidades superiores que a poupança. Um exemplo são os investimentos em renda fixa, que são conhecidos pela ótima rentabilidade e segurança.

 

Os investidores conhecem ou podem prever a rentabilidade das aplicações em renda fixa, antes mesmo de realizar a operação. Além disso, os investimentos contam com a segurança do Fundo Garantidor de Créditos (FGC), o mesmo seguro da poupança.

 

Quando o investidor aplica o seu dinheiro em renda fixa, seria como emprestar o dinheiro para as instituições financeiras financiarem suas atividades internas. Em troca, o dinheiro é devolvido com o acréscimo de juros.

 

É possível encontrar diversos tipos de título de renda fixa no mercado. Desta forma, o investidor pode escolher o título que tenha mais a ver com o seu perfil, objetivo, e o momento que está vivendo.

 

Os investimentos mais conhecidos em renda fixa são:

  • Tesouro Direto

  • CDB

  • LCI e LCA

 

Tesouro Direto

O Tesouro Direto é um programa do Tesouro Nacional, criado em 2002 em parceria com a CBLC e a própria Bolsa de Valores. Ele oferece rentabilidades maiores que a poupança, sendo considerado um dos melhores investimentos de renda fixa para investidores que buscam segurança, lucro, liquidez e simplicidade.

 

O investimento no Tesouro Direto se dá pela compra de títulos públicos federais por meio da Internet. Por isso, são considerados os ativos de menor risco, visto que o governo se torna o devedor direto de quem investiu no Tesouro Direto.

 

CDB

O Certificado de Depósito Bancário (CDB) também é um título de renda fixa extremamente seguro, que é emitido pelos bancos como forma de captação de recursos com o objetivo de financiar suas atividades.

 

O investidor também pode utilizar os títulos do CDB como margem de garantia para alavancar operações de day trade de ações ou contrato futuros. Isso funciona como se o título fosse um cheque caução e assegura que o investidor possua capital suficiente para arcar com a oscilação da ação ou ativo que esteja comprando.

 

LCI e LCA

Letra de Crédito Imobiliário (LCI) e Letra de Crédito do Agronegócio(LCA) são títulos de renda fixa emitidos por instituições financeiras, com o intuito de financiar o setor imobiliário e agrícola.

 

As LCI e LCA são isentas de Imposto de Renda para pessoa física. No entanto, o investidor precisa entender que esses títulos precisam ser declarados em “Rendimentos Isentos e Não Tributáveis”.

 

A renda fixa pode trazer bons resultados, especialmente devido à diversidade de opções que ela apresenta. Para muitos investidores, a variedade de investimento é fundamental para a gestão de riscos. Pois, além de proteger o capital, o investidor estará aumentando as chances de obter resultados positivos

 

Independentemente do perfil do investidor, é possível contar com o apoio de profissionais especializados no mercado. Desta forma, fica mais fácil montar uma carteira personalizada, totalmente adequada ao investidor, contando com a visão estratégica de um profissional.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome