ENQUANTO A MÍDIA FOCA EM LULA, SERRA ENTREGA O PRÉ-SAL

ENQUANTO A MÍDIA FOCA NO LULA, SERRA ENTREGA O PRÉ-SAL

 
Enquanto a mídia foca o Lula, o Serra entrega o pré-sal

Enquanto a mídia foca no Lula, o Serra entrega o pré-sal – Foto: FRP

AMANHÃ, ENQUANTO TODA A MÍDIA ARMARÁ SEU CIRCO PARA EXECRAR LULA, NO SENADO, JOSÉ SERRA E CIA. ALTERARÃO O MODELO DE PARTILHA DO PRÉ-SAL.

As atenções estão voltadas para o Fórum da Barra Funda, em São Paulo, onde o ex-presidente Lula prestará depoimento.

No senado, longe dos holofotes da mídia, José Serra tentará aprovar seu projeto entreguista.

Ainda ontem, no Estadão, o presidente da Shell disse ter interesse no pré-sal e no fim da exclusividade da Petrobras.

Lindbergh Farias (PT-RJ) disse que não vai permitir que a votação aconteça amanhã, mas o Serra fala em “votação inexorável”.

Em O Globo:

Renan quer votar projeto que muda papel da Petrobras no pré-sal nesta quarta

(…)

Serra diz que Renan quer votar

Autor do projeto, o senador Serra disse que o senador Ricardo Ferraço (sem partido-ES) já apresentou o parecer, que muda o texto original.

— Ferraço já apresentou o substitutivo e o relatório explicita algo que já está na lei. A agência nacional de pesquisa energética tem o poder de alocar a área de exploração de petróleo para quem quiser. A Petrobras tem interesse em algum bloco? A agência decide. Na reunião o Renan disse que iria colocar em votação o projeto da Petrobras essa semana. O Lindbergh pediu para adiar para a semana que vem. Vai ser sempre assim, sempre vão querer adiar, mas essa votação é inexorável — disse Serra.

O tucano reagiu ás críticas de Lindbergh, de que a exploração será “doada” para as multinacionais.

— O argumento do PT de que o preço do petróleo está muito baixo é uma besteira. A Petrobrás está de acordo com o projeto. Está vendendo tudo na bacia das almas porque não tem dinheiro, como ficar contra? — disse Serra.

No parecer de Ferraço, acaba a obrigatoriedade, mas a Petrobrás teria preferência de escolha.

Em tempo: Não deixe de ler A mídia se ocupa com Lula para desviar focos, a comprovação de que enquanto o Brasil assiste à execração pública de Lula, os entreguistas entregam o pré-sal ao capital estrangeiro, alterando o sistema de partilha.

 

0 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador