Estudo confirma que falas de Bolsonaro na TV amplificam fake news

Levantamento da UFPel mostra que pronunciamentos do presidente resultaram em aumento na circulação de notícias falsas relacionadas à pandemia

Jornal GGN – Os pronunciamentos do presidente Jair Bolsonaro em rede nacional de TV ampliaram a quantidade de notícias falsas em circulação sobre a pandemia de covid-19 nas redes sociais, segundo estudo publicado pelo Laboratório de Pesquisa em Mídia, Discurso e Análise de Redes Sociais, da UFPel (Universidade Federal de Pelotas).

Em linhas gerais, os apoiadores do governo federal transformaram frases com desinformações em mensagens para compartilhamento em redes sociais –um exemplo disso foi visto no discurso em que Bolsonaro chamou a covid-19 de gripezinha: em grupos públicos de WhatsApp, a declaração teve 4.036 compartilhamentos no dia seguinte à declaração, contra 410 no dia anterior, o que representa um salto de 884%

De acordo com a pesquisa, o aumento da circulação de fake news está diretamente relacionado à estrutura da base bolsonarista e à legitimação que autoridades dão às notícias falsas.

“Esse aumento tem a ver com a militância e o que ele traz em seus discursos, como a questão do tratamento precoce como cura. Isso inflamava muito as mídias sociais e desviava o foco para o sentido de que o Bolsonaro era atacado porque tinha uma solução para o coronavírus, mas que ninguém queria ouvi-lo”, diz Raquel Recuero, autora do relatório com outros pesquisadores, em entrevista ao portal UOL.

Confira abaixo a íntegra da pesquisa elaborada pela Universidade Federal de Pelotas.

jornalggn.com.br-desinformacao-covid-midiars-2021-1

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome