Eu devo ser muito burro

Tendência do setor de petróleo é de corte de investimento e produção

por Míriam Leitão

12/01/2016 11:29

A queda do preço do barril de petróleo desestimula o aumento de produção no setor. O momento é de adiar ou cancelar investimentos na área.

Isso é ruim para o pré-sal, mas a Petrobras está divulgando que o custo de produção na área tem sido de apenas US$ 8, muito abaixo dos US$ 40 que se falava anteriormente. O especialista Adriano Pires, do CBIE, explicou que a previsão é de aumento desse valor, na medida em que os campos forem explorados, para chegar a esse número ao redor de US$ 40, que sempre foi divulgado anteriormente.

No curto prazo, a queda do barril é boa para a Petrobras, porque ela consegue recuperar um pouco o prejuízo que teve com a importação de gasolina e derivados. Neste momento, ela está tendo lucro com a operação, vendendo internamente mais caro do que importa. Então pode recompor um pouco o seu caixa.

Mas petróleo a preço muito reduzido diminui o valor do seu principal ativo, que são as reservas do pré-sal.

 

——————————-

 

Alguém poderia me explicar esse raciocínio: “o custo de produção na área tem sido de apenas US$ 8, muito abaixo dos US$ 40 que se falava anteriormente. O especialista Adriano Pires, do CBIE, explicou (explicou mas não entendi) que a previsão é de aumento desse valor, na medida em que os campos forem explorados, para chegar a esse número ao redor de US$ 40, que sempre foi divulgado anteriormente.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Clipping do dia

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome