Exclusivo GGN Brasil 26.08: a lentíssima queda do Covid, visto das Regiões de Saúde no Brasil

No gráfico de linha percebe-se uma queda lenta e gradual da população em regiões altamente contaminadas. Mas muito lentamente.

A melhor maneira de analisar o comportamento da Covid-19 é através das Regiões de Saúde – uma divisão geográfica do Sistema Único de Saúde (SUS), em torno dos chamados hospitais de referência.

O que fizemos foi calcular o crescimento da pandemia em 30 dias em cada região. Depois dividir as regiões por faixas de crescimento da doença e calcular a população existente em cada grupo.

A leitura dos gráficos fica assim:

  1. 121 milhões de brasileiros moram em regiões em que o Covid-19 cresce a mais de 50% ao mês.
  2. 71 milhões em regiões com crescimento entre 20 e 50%.
  3. 16 milhões em regiões com crescimento entre 10 e 20%.
  4. 571 mil em regiões com crescimento entre 5% e 10%.
  5. Nenhuma região com crescimento inferior a 5%.

No gráfico de linha percebe-se uma queda lenta e gradual da população em regiões altamente contaminadas. Mas muito lentamente.


Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora