Fenapef lamenta saída de Moro e de Valeixo

Federação Nacional dos Policiais Federais diz que PF precisa manter autonomia e independência nos trabalhos e investigação

Foto: Reprodução

Jornal GGN – A Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef) divulgou nota onde lamenta o anúncio de demissão de Sergio Moro do Ministério da Justiça e da exoneração de Maurício Valeixo do cargo de Diretor-Geral da Polícia Federal.

“A entidade entende que o ministro Sérgio Moro cumpriu seu papel com dedicação e comprometimento, garantindo a independência da Polícia Federal durante todo o período que ocupou o cargo”, diz a Fenapef. “Com relação a Maurício Valeixo, havia uma situação de tensão que se arrastava desde 2019, com o anúncio de sua possível saída. Ainda assim, Valeixo, um profissional sério e dedicado à Polícia Federal, manteve seu compromisso com os policiais federais até sua exoneração”.

A diretoria da entidade também algumas sinalizações, ao afirmar que a Polícia Federal deve manter sua linha de autonomia e independência nos trabalhos e investigação “independentemente de quem ocupe o Ministério da Justiça e Segurança Pública e a Direção-geral da PF”, ressaltando que “jamais a instituição deve ser atingida por interferências políticas”.

Para o presidente da Fenapef, Luís Antônio Boudens, o presidente da República tem o direito de fazer alterações em sua equipe, mas “isso não significa – e garantimos que não irá ocorrer – qualquer tipo de interferência nas investigações criminais da Polícia Federal”.

 

Leia Também
Presidente da Associação dos Delegados da PF diz que corporação está “desprotegida”
“Está cavando a própria cova”: seguidores criticam Bolsonaro por saída de Moro
Moro decide abandonar Bolsonaro após 16 meses de parceria

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

2 comentários

  1. Essa gente é sem noção.
    Eles tinham que lamentar o serviço escroto que fizeram consciente ou inconscientemente e que ajudou a destruir o país e colocar esse sujeito que ocupa a presidência da República.
    Eles tinham que lamentar a sujeirada que fizeram com o presidente Lula e com a presidenta Dilma que sempre foram republicanos e respeitaram e fortaleceram a PF.
    Tinham que lamentar que tornaram-se um esgoto fétido somente para aparecer na TV.
    Tinham que lamentar, por fim,não terem a dignidade que um policial federal deve ter.
    Devem lamentar tudo,menos a saída de quem os estava empurrando para o cadafalso da história.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome