Flamengo, o campeão da Copa do Brasil

Sugerido por implacavel

Do O Globo

EM FOCO: FLAMENGO 2 X 0 ATLÉTICO-PR: O JOGO

 Alexandre Cassiano / Agência O Globo

Hernane marcou o oitavo gol dele na Copa do Brasil: artilheiro e campeão ALEXANDRE CASSIANO / AGÊNCIA O GLOBO

 Alexandre Cassiano / Agência O Globo

O atacante do Flamengo Hernane contou após a vitória na decisão da Copa do Brasil que tinha dito no intervalo aos colegas que faria o gol do título ALEXANDRE CASSIANO / AGÊNCIA O GLOBO

 Ivo Gonzalez / Agência O Globo

Titulares e reservas do Flamengo explodem de alegria após o segundo gol do Flamengo na decisão da Copa do Brasil IVO GONZALEZ / AGÊNCIA O GLOBO

 Alexandre Cassiano / Agência O Globo

Léo Moura e Joao Paulo agradecem aos céus ALEXANDRE CASSIANO / AGÊNCIA O GLOBO

 Alexandre Cassiano / Agência O Globo

Paulinho põe a mão direita no rosto: alívio e euforia ALEXANDRE CASSIANO / AGÊNCIA O GLOBO

 Ivo Gonzalez / Agência O Globo

Hernane é só alegria depois de marcar o gol dele na decisão da Copa do Brasil, o segundo do Flamengo em cima do Atlético-PR: 2 a 0 IVO GONZALEZ / AGÊNCIA O GLOBO

 Ivo Gonzalez / Agência O Globo

Elias comemora o primeiro gol do Flamengo, marcado por ele aos 42 do segundo tempo IVO GONZALEZ / AGÊNCIA O GLOBO

 Alexandre Cassiano / Agência O Globo

Por outro ângulo, a festa de Elias, correndo para abraçar Léo Moura, que já tinha sido substituído ALEXANDRE CASSIANO / AGÊNCIA O GLOBO

 Ivo Gonzalez / Agência O Globo

Festa na beira do campo: Flamengo campeão da Copa do Brasil pela terceira vez IVO GONZALEZ / AGÊNCIA O GLOBO

 Marcelo Theobald / Agência O Globo

Hernane faz jogada de rara beleza e por pouco nao abre o placar da final da Copa do Brasil com um golaço: goleiro do Atlético-PR faz ótima defesa na sequência do lance MARCELO THEOBALD / AGÊNCIA O GLOBO

 Alexandre Cassiano / Agência O Globo

Carlos Eduardo toca a bola, diante de Hernane ALEXANDRE CASSIANO / AGÊNCIA O GLOBO

 Ivo Gonzalez / Agência O Globo

Flamengo x Atlético-PR no Maracanã lotado: decisão em alto nível da Copa do Brasil de 2013 IVO GONZALEZ / AGÊNCIA O GLOBO

Leia também:  Mídia esconde atentado a evento com Glenn Greenwald em Paraty, por Alceu Castilho

 Ivo Gonzalez / Agência O Globo

Léo Moura tenta se livrar da marcação logo no começo da decisão IVO GONZALEZ / AGÊNCIA O GLOBO

 Marcelo Theobald / Agência O Globo

Parece até que foi ensaiado, de tão perfeita a coreografia MARCELO THEOBALD / AGÊNCIA O GLOBO

 Marcelo Theobald / Agência O Globo

André Santos se antecipa a Paulo Baier e cabeceia a bola MARCELO THEOBALD / AGÊNCIA O GLOBO

 Marcelo Theobald / Agência O Globo

Luiz Antônio chutou uma bola no travessão e tem atuação destacada MARCELO THEOBALD / AGÊNCIA O GLOBO

 Marcelo Theobald / Agência O Globo

Zezinho e Carlos Eduardo parecem assustados com a bola MARCELO THEOBALD / AGÊNCIA O GLOBO

 Alexandre Cassiano / Agência O Globo

Hernane fica na bronca com o zagueiro Manoel ALEXANDRE CASSIANO / AGÊNCIA O GLOBO

 Guilherme Pinto / Agência O Globo

Hernane cercado por três do Furacão GUILHERME PINTO / AGÊNCIA O GLOBO

 Alexandre Cassiano / Agência O Globo

Luiz Antônio por pouco não é atingido na cabeça em lance no meio de campo ALEXANDRE CASSIANO / AGÊNCIA O GLOBO

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

5 comentários

  1. O MAIS QUERIDO, O MEU MENGÃO….

    Flamengo vence o Atlético-PR por 2 a 0 e é tricampeão da Copa do Brasil

    Gols de Elias e Hernane garantem o título e fazem a festa da torcida no Maracanã

    O DIA

    Rio – Festa no Maracanã! O Flamengo conquistou na noite desta quarta-feira o tricampeonato da Copa do Brasil. Uma vitória por 2 a 0 sobre o Atlético-PR deu ao time carioca sua terceira conquista na competição, superando os rivais cariocas e se tornando o segundo maior vencedor do torneio, junto ao Corinthians. Com a grande presença da torcida, que esteve no estádio com 68.857 presentes (57.991 pagantes), o time da Gávea retribuiu o apoio de seus torcedores com um verdadeiro show dentro de campo. Título e festa para a Nação rubro-negra.

    Com um jogo disputado e sem grandes oportunidades de gol, o volante Elias voltou a decidir no Maracanã e, aos 42 minutos do segundo tempo, o camisa 8 do Flamengo foi o responsável por balançar a rede e transformar o estádio num verdadeiro caldeirão do Flamengo, que ainda fez o segundo gol com Hernane, aos 49 minutos.

    >>> Confira as melhores fotos da grande final da Copa do Brasil: Flamengo campeão

    Flamengo é tricampeão da Copa do BrasilFoto:  Márcio Mercante / Agência O Dia

    >>>Confira o Hotsite do título do Flamengo

    O jogo começou agitado. As equipes buscavam o ataque a todo momento e enquanto o Atlético-PR precisva balançar as redes para buscar o título, o Flamengo não pensava em recuar para aproveitar a vantagem e teve a primeira boa chance do jogo com um chute de fora da área de Luiz Antônio defendido pelo goleiro Weverton. O Atlético também agredia o Flamengo, mas as grandes chances ainda demoravam a acontecer.

    Numa jogada inusitada, o susto ficou por conta de um choque entre André Santos e Weverton. Aos 22 minutos, o lateral recebeu bom passe na área mas acabou se chocando com o goleiro do Furacão, ficando caído no gramado por alguns minutos, assustando os flamenguistas antes de se levantar e voltar para o jogo. O ritmo disputado fazia as equipes terem dificuldades de criar jogadas de perigo, no entanto, aos 40 minutos, Luiz Antônio levou a torcida à loucura. Numa cobrança de falta de longa distância, o volante do Flamengo acertou a trave do goleiro Weverton e, justamente, na altura do ângulo do goleiro rival.

    Com o fim da primeira etapa em 0 a 0, o lateral Léo Moura admitiu a dificuldade da partida e projetou um segundo tempo mais intenso no gramado:”É um jogo difícil. A equipe do Atlético é muito perigosa e não podemos nos arriscar. Temos uma pequena vantagem, mas vamos buscar o gol para conseguir esse título com mais tranquilidade.

    De outro lado, Zezinho reforçou a esperança do Furacão: “Temos mais 45 minutos para buscar o título. Sabemos que eles vão vir ainda mais fechados, mas não podemos desistir”, comentou.

    Equipe da Gávea conquistou terceiro título da competiçãoFoto:  Uanderson Fernandes / Agência O Dia

    O segundo tempo também começou agitado, no entanto, a pressão maior era do Flamengo. Querendo sacramentar o resultado, o time da Gávea partia para o ataque desde o primeiro minuto e também contava com as tentativas de Luiz Antônio nas bolas paradas, como aos oito minutos, que o jogador acabou mandando para longe do gol.

    Com muitas dificuldades de criar, Flamengo e Atlético-PR passaram a protagonizar uma partida morna. O jogo truncado no meio de campo deixava os torcedores cada vez mais nervosos. Sem conseguir burlar a defesa do Furacão, o Flamengo arriscava chutes de longa distância, sem assustar muito o goleiro adversário. De outro lado, o Furacão ficava ainda mais ansioso em razão da necessidade de uma vitória ou empate com gols para conquistar o título.

    Escondido em grande parte do jogo, Hernane começou a aparecer aos 20 min, quando arrisco um chute de fora da área mas viu Weverton defender. Minutos depois, o atacante arriscou uma cabeçada após cruzamento de Luiz Antônio, mas também sem sucesso. Pelo Atlético-PR, o veterano Paulo Baier deixou os torcedores do Flamengo angustiado pela espera de uma cobrança de falta perigosa para o Furacão, mas a bola acabou parando na barreira e aliviando os presentes na torcida do Fla.

    Se o jogo não tinha grandes emoções com a bola rolando, o clima de nervosismo tomou conta da partida também numa confusão entre jogadores. Aos30 minutos, o zagueiro flamenguista Samir e o atacante Delatorre, do Furacão, acabaram protagonizando um lance polêmico que acabou provocando um início de confusão dentro da área rubro-negra. O árbitro Leandro Vuaden optou pela punição com cartão amarelo para os dois jogadores.

    Pouco depois da confusão, o Flamengo teve uma boa chance de abrir o placar. Paulinho foi lançado livre na esquerda e cortou Cleberson na área, no entanto, o zagueiro do Furacão, único jogador na marcação do atacante rubro-negro, conseguiu bloquear o chute e impedir da equipe da Gávea.

    Flamengo é tricampeão da Copa do BrasilFoto:  Ernesto Carriço / Agência O Dia

    Os últimos dez minutos foram de correria total. Flamengo e Atlético-PR buscavam o ataque. Pelo lado do Flamengo, Hernane acertou um bom voleio, mas viu o goleiro Weverton salvar o Furacão, após o lance, o atacante recebeu a faixa de capitão das mãos de Léo Moura, que deixou o campo para a entrada de González. E foi aos 42 que o time da Gávea fez a diferença. Após grande defesa de Weverton após uma bomba de Hernane, o Brocador cruzou para Paulinho, que fez bela jogada e tocou para Elias, o volante, por sua vez, só teve o trabalho de deslocar o goleiro do Furacão. Gol e festa para a torcida do Flamengo.

    Após o gol, André Santos e Ciro ainda se envolveram numa confusão e foram expulsos, mas nada acabava com o clima de festa no Maracanã. Para fechar a festa com chave de ouro, o artilheiro Hernane também marcou e fez a festa total da torcida do Flamengo. O Flamengo é tricampeão da Copa do Brasil.

     

  2. O MAIS QUERIDO, O MEU MENGÃO….

    O Flamengo é o campeão da Copa do Brasil e, de quebra, garantiu uma vaga na Libertadores do ano que vem. Com tantos motivos para comemorar, os torcedores não perderam a oportunidade de zoar o arquirrival Vasco, que luta contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Paulo Baier, principal jogador do Atlético-PR, também não escapou das ironias rubro-negras nas redes sociais após a derrota por 2 a 0, que selou o título na noite dessa quarta-feira, no Maracanã. Confira:

  3. Sobre o título

    Algo relevante a se notar neste título é que o flamengo eliminou 4 dos 5 primeiros colocados no campeonato brasileiro. Em 14 jogos, perdeu apenas 1. Excelente campanha.  

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome