Revista GGN

Assine

Fora de Pauta

O espaço para os temas livres e variados.

Média: 3 (2 votos)
2 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".
imagem de Pereira Pinto
Pereira Pinto

Faz sugestão.

 

Nassif, gostartia de lhe fazer uma sugestão : uma entrevista com a cientista e escritora Maria Pereda (ou M.C. Pereda).

No You Tube há vários vídeos dela. 

Seria uma nova abordagem para o jornalismo político e econômico. 

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de Pereira Pinto
Pereira Pinto

Nassif, A Maria Pereda

Nassif,

A Maria Pereda explica o complexo de vira-lata do brasileiro como sendo uma espécie de  falta de memória de raça, isto é, sendo o brasileiro uma mistura de raças, ele acaba não possuindo essa memória de povo.

O interessante é que, segundo ela, o futuro da humanidade passa por essa mistura de raças, o que, penso eu, pode favorecer o povo brasileiro.

Seu voto: Nenhum

Zanin: Lava Jato inventou nova versão após terceira negativa do

Brasil 247

21.10.2017

  •  

 Zanin: Lava Jato inventou nova versão após terceira negativa do hospital

Em vídeo, o advogado Cristiano Zanin Martins, que defende o ex-presidente Lula, detalha o conteúdo de um terceiro ofício do Hospital Sírio Libanês, de 18 de outubro, em que responde a um novo questionamento do juiz Sergio Moro e diz que o advogado Roberto Teixeira não esteve no hospital no segundo semestre de 2015; "Então provavelmente ontem (quinta), quando a Lava Jato inventou uma nova versão, agora com ligações telefônicas, ela já sabia dessa terceira negativa do hospital", diz Zanin; os ofícios do hospital derrubam a versão de Glaucos da Costamarques, dono do imóvel localizado ao lado do apartamento de Lula, e do MPF de que o empresário recebeu a visita de Teixeira no hospital, onde teria, segundo ele, assinado todos os recibos de aluguel num dia só; assista

20 de Outubro de 2017 às 20:53

 

247 - O advogado Cristiano Zanin Martins, que defende o ex-presidente Lula, divulgou um vídeo na noite desta sexta-feira 20 em que detalha o conteúdo de um terceiro ofício do Hospital Sírio Libanês, datado de 18 de outubro, pelo qual responde a um novo questionamento do juiz Sergio Moro, da Lava Jato.

No documento, o hospital informa ao magistrado que o advogado Roberto Teixeira não esteve no hospital ao longo de todo o segundo semestre de 2015. Antes, Moro já havia questionado se Teixeira visitou o empresário Glaucos da Costamarques durante sua internação, entre setembro e dezembro daquele ano.

"Então provavelmente ontem (quinta), quando a Lava Jato inventou uma nova versão, agora com ligações telefônicas, ela já sabia dessa terceira negativa do hospital", afirma Zanin. Nesta quinta, a força-tarefa da Lava Jato apresentou a Moro uma relação que aponta 12 ligações telefônicas entre Glaucos, Teixeira e seu escritório de advocacia.

Os ofícios do hospital derrubam a versão de Glaucos, dono do imóvel localizado ao lado do apartamento onde mora Lula, em São Bernardo do Campo, e do Ministério Público Federal de que o empresário recebeu a visita de Teixeira no hospital.

Em depoimento a Moro, Glaucos disse que teria assinado todos os recibos de aluguel num dia só, e que durante a visita de Teixeira o advogado lhe informou que a partir daquele momento passaria a fazer os pagamentos do aluguel do imóvel. O MPF acusa Lula de ser o real dono do imóvel, que teria sido adquirido com dinheiro de propina da Odebrecht, em troca de contratos com a Petrobras.

"A verdade é que esse ofício mostra mais uma vez que não se pode questionar a validade dos recibos através de versões e de invenções que não são confirmadas pela realidade dos fatos", completa Zanin. Confira abaixo o vídeo do advogado e os documentos do Sírio Libanês:

Ofício 1

Ofício 2

Ofício 3

E-mail Sírio

https://www.brasil247.com/pt/247/brasil/323494/Zanin-Lava-Jato-inventou-nova-vers%C3%A3o-ap%C3%B3s-terceira-negativa-do-hospital.htm

Seu voto: Nenhum

webster franklin

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.