6 comentários

  1. Também estou sem entender o sistema de comentarios. Sempre que tento logar aparece a mensagem de usuario ou senha incorretos, ja existente, etc.

    Fiz um comentario como se nao existisse cadastro, e ele entrou, com imagem e tudo que eu tentava inserir antes da mudança de plataforma?!

    Ainda assim, o login permanece nao funcionando…

  2. Os brancos e facista não aceitaram o lula semi analfabeto e pobre servo melhor presidente da historia,João Goulart e lula….o Brasil nunca mais vai ser feliz com esta geração de pessoas amargura das e invejosas. #lulalivre
    .

  3. Coluna de boatos

    Os caminhões de Guaidó

    Pense num cara pra gostar da Venezuela que só a porra, como esse tal de Guaidó!

    O cara convidou a maior potência bélica do planeta para invadir e destruir o “seu próprio país” que estaria, segundo ele, morrendo de fome.
    “A morte imediata seria muito menos dolorosa do que a morte à prestação”, teria dito essa extraordinária figura humana.

    O cara se autoproclamou presidente não sei do que, não sei das quantas, e o nosso chanceler xeleléu o aplaudiu de pé.

    E o Guaidó comerá o primeiro Big Mac que chegar a Caracas no lombo de um jumento, se chegar.

    Não vai ser fácil continuar com essa demonstração de amor ao povo faminto da Venezuela por muito tempo, quando as primeiras toneladas de bombas começarem a cair nas cabecinhas das crianças desse país com a maior reserva de petróleo do mundo.

    E o Trump não dorme uma noite sequer sem antes rezar pelas criancinhas americanas de olhos azuis, futuros membros da KKK.

    E o mundo funciona assim: se você mata uma única pessoa numa briga de bar, você poderá ser condenado a 10, 15, 20 anos de cadeia, ou mesmo à pena de morte. Se um genocida dizima a população inteira de um país indefeso, ele será exaltado como “a salvação do ocidente”, como se expressou o xeleléu Ernesto Araújo, e com o qual concorda o grande filósofo campineiro Olavo de Carvalho.

    A”briga” entre Bolsonaro e a Rede Globo

    A grande maioria dos brasileiros está torcendo por essa briga e/ou pela pipoca.
    Explicando melhor: pipoca é o que muita gente come quando está assistindo a um filme eletrizante com muita porrada e efeitos especiais.

    Mas a briga entre a Globo e o nosso Führer esfaqueado parece mais uma briga entre dois ladrões chantagistas onde cada um tenta convencer a plateia de que é imbatível em matéria de malandragem. Em suma, é um filme de humor, mas que deixa muitos telespectadores putos.

    Está certo Bolsonaro quando diz que a Rede Globo quer dinheiro do contribuinte. Está certa a Rede Globo quando denuncia que o Brasil está sendo governado por uma quadrilha de milicianos.

    E nós, no sofá, comendo pipoca.

    A rigor, os donos da Rede Globo e Bolsonaro deveriam estar presos. Mas quem vai colocar o guiso no pescoço do gato? O Mourão ou o Morão?

    Nenhum dos dois: o primeiro sabe que precisa do apoio da Rede Globo para dar o golpe de misericórdia contra Bolsonaro, o segundo quer ser Presidente dessa república de merda em 2022.

    Mas, um detalhe: o Mourão também quer.

    Portanto, depois do golpe no golpe a briga será entre Mourão e Morão.
    Vou torcer também por essa briga. E haja pipoca!
    Afinal, ninguém tem coragem de ir para as ruas.
    Sozinho, nem pensar!

    A Damares está mais calma.

    Há 24 horas que ela não diz uma merda.
    É que ela está tomando lexotan em dose dupla.
    Mas quando o remédio acabar…

    • Aí eu gostei,hein!
      Comentário redondinho e “operoso”.
      Quanto a sair para as ruas acompanhado, é só incentivo pra apanhar junto.
      SOBRE O GUAIDO
      E eu pensando que os nossos magistrados e políticos fossem os mais patriotas das américas.
      Guaido tira de letra.
      É um amor a pátria que chega a doer.

  4. Bolsonaro precisa de uma guerra com a Venezuela para que a sociedade esqueça o Queiroz, as milícias e o Bebianno!
    Veja o vídeo desta matéria em: https://www.youtube.com/watch?v=mccXwdlwPSw
    O pano de fundo das principais guerras no mundo é de fortalecimento da imagem do governante e a disputa pelo petróleo.
    No Brasil, não precisou de guerra. Fizeram um golpe, em conivência com nosso Congresso, Justiça e mídia, e colocaram Temer no poder, que passou a entregar nosso ouro negro. Para perpetuar a entrega, impediram Lula de ser candidato e Bolsonaro segue distribuindo nossas riquezas. Vale lembra que segundo o Ibope Lula seria eleito em primeiro turno (6).
    O Donald Trump está perdendo todas as disputas, em seu país, inclusive o murro do México, cuja discussão levou à paralisação da máquina estatal. E a política de Trump para os refugiados é de total violência e desrespeito ao ser humano, separando inclusive os filhos dos pais, colocando as crianças em verdadeiros campo de concentração. Até porque esses refugiados são consequências das guerras que os americanos fazem em países que têm petróleo, cujo objetivo é só para abocanhar suas riquezas.
    Outro desgaste muito grande foi sair do ‘Acordo do Clima de Paris’ (1,2).
    A Guerra na Síria, para derrubar Bashar al-Assad, fracassou (3). Existe ainda um fantasma de um impeachment contra Trump (4). E, nesse clima, começa a discussão das eleições nos EUA.
    Uma guerra, a do Iraque (2003), fez reeleger Bush e outra guerra, como a da Venezuela, pode reeleger Trump. A maioria do povo americano gosta de guerra, lógico que fora de seu território, e tanto para Trump como para Bolsonaro a guerra cai como uma luva.
    A guerra também serve para desovar as armas de guerra, que o digam principalmente os EUA, Rússia, e Israel. Além de ser um dos negócios mais lucrativos do mundo, é uma oportunidade de renovação do arsenal.
    Da parte de Donald Trump, existe até a motivação da guerra que é clara e veio a público em 2017, quando ele próprio disse: ‘Por que não estamos em guerra com a Venezuela? Eles têm todo esse petróleo’ (5)
    Já para Bolsonaro a guerra, além de melhorar sua imagem, que está em baixa, mesmo servindo como capacho dos EUA, poderia fazer com que o brasileiro pare de falar em Fabrício Queiroz, milícia e do Gustavo Bebianno!

    Fonte: 1 – http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2017/06/trump-prometeu-e-agora-cumpre-eua-saem-do-acordo-de-paris.html
    2 – https://g1.globo.com/mundo/noticia/2019/01/03/trump-nao-renuncia-a-muro-na-fronteira-e-reuniao-com-democratas-termina-sem-decisao.ghtml
    3 – https://noticias.r7.com/internacional/acordo-sobre-armas-quimicas-demonstra-fracasso-de-postura-norte-americana-contra-a-siria-19092013
    4 – https://www.bbc.com/portuguese/internacional-45281585
    5 – https://www.brasil247.com/pt/247/mundo/384660/Trump-em-2017-%E2%80%99por-que-n%C3%A3o-estamos-em-guerra-com-a-Venezuela-Eles-t%C3%AAm-todo-esse-petr%C3%B3leo%E2%80%A6%E2%80%9D.htm
    6 – http://atarde.uol.com.br/politica/noticias/1124938-ibope:-lula,-com-47,-ganharia-no-primeiro-turno

    Rio de Janeiro, 21 de fevereiro de 2019.

    Em tempo: O meu livro A outra face de Sergio Moro está a venda no Mercado Livre, cuja a renda é integralmente para os demitidos da indústria naval: https://produto.mercadolivre.com.br/MLB-1163280532-livro-a-outra-face-de-sergio-moro-_JM?quantity=1.

    Autor: Emanuel Cancella, OAB/RJ 75.300, ex-presidente do Sindipetro-RJ, fundador e ex- diretor do Comando Nacional dos Petroleiros, da FUP e fundador e coordenador da FNP , ex-diretor Sindical e Nacional do Dieese.
    Enviado para possível publicação para o Globo, JB, o Dia, Folha, Estadão, Veja, Época entre outros órgãos de comunicação.

    (Esse relato pode ser reproduzido livremente)

    Meus endereços eletrônicos:
    http://emanuelcancella.blogspot.com.
    Me siga no twitter.com/Ecancella

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome