Fora de Pauta

O espaço para os temas livres e variados.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Clipping do dia

2 comentários

  1. Agindo sob a proteção das sombras projetadas pela Lava Jato e na mira dos holofotes midiáticos, o Elemento quer fazer algo sem fins lucrativos a fim de lucrar sem enfrentar críticas, ou seja, quer o bônus do máximo lucro possível mas rejeita os ônus de tal lucro:

    “Vamos organizar congressos e eventos e LUCRAR, ok? É um bom jeito de aproveitar nosso networking e visibilidade. Com uma pegada de pirotecnia, nós vamos faturar um zilhão, quando vendermos todas as almas dos nossos caciques num leilão”.

    “Se fizéssemos ALGO SEM FINS LUCRATIVOS e pagássemos valores altos de palestras pra nós, escaparíamos das críticas, mas teria que ver o quanto perderíamos em termos monetários”.

    E se as perdas em termos monetários superassem as perdas em termos de críticas, quem: encarar as críticas para não ter perdas monetárias ou ter perdas monetárias em vez de enfrentar as críticas?

    “A democracia em uma sociedade livre exige que os governados saibam o que fazem os governantes, mesmo quando estes buscam agir protegidos pelas sombras.”

  2. Dias atrás disse que vazajato estava tentando curar um doente terminal com homeopatia e hoje vejo que o interesse caiu sobre as revelações e vai continuar caindo até o esquecimento por falta de interesse. A divulgação de forma aleatória sem cronologia mostra mais o interesse do intercept do que propriamente o que seria interessante para acabar com os desvios da justiça brasileira como um todo. É dolorido ver que existe o remédio mas só liberam de forma a atender os interesses de quem o possui, talvez novamente em busca de seu grande prêmio jornalístico.repercute a cada dia de forma menor os vazamentos mostrando o desinteresse tanto da mídia quanto do eleitor. Temo que não vai produzir resultado algum vendo a forma sarcástica que os envolvidos tratam as denúncias.seguiremos tendo esses canalhas trabalhando cada vez mais em prol de um governo que caminha cada vez mais para um regime ditatorial.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome