Fora de Pauta

O espaço para os temas livres e variados.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Lourdes Nassif:

Ver comentários (3)

  • O Roteiro Global para um Golpe Triunfante:

    O colunista Global Hélio Gurovitz descreveu o roteiro para que um golpe seja exitoso. Segundo ele, o fator decisivo para o triunfo de um golpe é o volume de sangue derramado pela repressão. De acordo com o mencionado Colunista Global, o sangue derramado na Venezuela não foi suficiente para fazer com que o golpe fosse vitorioso:

    "Nenhuma revolução existe sem ela. Multidões nas ruas também pressionam os militares, pois nenhum soldado gosta de atirar contra o próprio povo. Movimentos populares contam com a repressão para conquistar simpatia. Quanto mais imagens de tanques atropelando manifestantes, mais simpática a causa aos olhos do planeta. EMBORA TENHA CONSEGUIDO LEVAR DEZENAS DE MILHARES ÀS RUAS DE CARACAS, O CARÁTER IMPROVISADO DOS PROTESTES FOI INSUFICIENTE PARA GERAR DESCONFORTO ENTRE OS MILITARES. A repressão brutal e violenta gera imagens fortes, mas também contribui para dissuadir a população a participar das novas investidas. Não há acapamentos nem centros de resistência organizados, como havia nas praças Tahrir, no Egito, ou Maidan, na Ucrânia. Sem isso, a queda do governo é menos provável, pois passa a depender exclusivamente da vontade das lideranças militares". - Hélio Gurovitz

    A insuficiência do sangue derramado para o triunfo do golpe me fez lembrar de um artigo escrito por George Monbiot em 2003, no qual ele conclui com as seguintes palavras:

    "It is, like almost all such enterprises, about the control of territory, resources and other nations' economies. Those who are planning it have recognized that their future dominance can be sustained by means of a simple economic formula: BLOOD IS A RENEWABLE RESOURCE; OIL IS NOT".

    Nenhum militar gosta de atirar contra o próprio povo?

    A esposa do Músico assassinado pelo Exército disse:

    "O meu filho estava no carro, viu tudo. Ele quer a foto do pai. Eu falei que o pai está no hospital. Por que o quartel fez isso? Os vizinhos começaram a socorrer, mas eles continuaram atirando. E falei: ‘Moço, socorre o meu esposo’. Eles não fizeram nada e ficaram de deboche".

    Toda regra tem exceção, né, seu Gurovitz?

    https://g1.globo.com/mundo/blog/helio-gurovitz/post/2019/05/02/os-quatro-erros-de-guaido.ghtml

    Continua o Hélio Gurovitz:

    "Apoio internacional – Guaidó obteve o reconhecimento de mais de 50 países, entre eles todas as democracias que importam".

    Quais são as democracias que não importam?

    Uma comentarista não deixou por menos:

    "Leda Santos
    há uma hora

    "No roteiro clássico, golpes começam pela tomada de estações de TV, instalações militares, telefônicas, distribuidoras de energia e redes de transporte. A importância da TV não está apenas em atingir uma parcela maior da população. O essencial é que transmite aos generais reticentes e à cúpula militar a sensação de que o novo regime está no controle da situação e, com isso, os incentiva a aderir." VCS CONHECEM MUITO BEM O ROTEIRO DO GOLPE, NÉ INFAMES??!"

    "Leda Santos
    há uma hora

    "o verdadeiro problema da Venezuela se chama Nicolás Maduro". Beleza, então retirem os embargos e as sanções comerciais e econômicas que arrasam com o país e verifiquem se a Venezuela não volta ao patamar de normalidade social e econômico. Aí, se não voltar, vcs podem dizer que a culpa é do Maduro, seus golpistas sem-vergonha!"

    O Guaidó seguiu o Roteiro do Golpe Fracassado

  • Você quer ir de uber de um lugar a outro em BH e decide consultar aqueles milagrosos aplicativos que lhe dizem exatamente qual a rota com a menor distância entre o local onde você está e aquele para onde você quer ir.
    Uma das ruas escolhidas pelo aplicativo é a Flor de Gelo, que existe sim, uai. Pois está em mapas, tem o CEP 31270-219 no portal dos Correios, etc.
    Ah, é? Pois o motorista chega onde deveria existir a tal rua Flor de Gelo (nome lindo!) e ela não está ali onde deveria estar. Aliás, nem em outro lugar de BH. Duvida? Consulte aí seus aplicativos, mas depois vá até lá e verifique.