Fora de Pauta

O espaço para os temas livres e variados.

 

Leia também:  Miliciano que pode ter respostas sobre morte de Marielle se entrega à polícia

1 comentário

  1. …se o STF sucumbir à Lava Jato, sucumbiremos todos…
    .
    “É uma corte ruim, com um histórico complicado, mas é o último bastião da institucionalidade. Caindo o Supremo, não restará mais nada das instituições. O país ficará definitivamente à mercê das milícias jurídicas. Daí, porque, a luta atual é de vida ou morte das instituições.”
    .
    (Trecho do texto do Nassif no GGN, “Moraes chega onde queria: não foi fakenews, mas vazamento.” – sobre a GUERRA entre a Lava Jato contra o STF)
    .
    *******
    .
    Esse é o CERNE da questão! É evidente que a Lava Jato se tornou com o tempo uma espécie de MÁFIA, não há outro termo a se usar. É um organismo social vivo, próprio, um clube fechado de juízes, procuradores, delegados da Polícia Federal e os jornalistas leais ao grupo espalhados na grande mídia e os blogs “amigos” como o “Antagonista”.
    .
    Como toda MÁFIA, essa organização informal, mas factual, o grupo que atua na Lava Jato, quer mais e mais poder, porque sua EXISTÊNCIA, sua continuidade DEPENDE ESSENCIALMENTE DO PODER POLÍTICO QUE POSSUEM.
    .
    Por isso a fúria selvagem contra o Supremo: Ao frearem a Fundação fraudulenta, imoral e até criminosa dos 2,6 bilhões de reais, o STF tornou-se de imediato o INIMIGO A SER BATIDO. Dallagnol é raso demais para pensar sozinho na Fundação, há as digitais claras de Moro por trás disso tudo, Moro é o “Padrinho”, o chefão, e uma das provas disso é que sua discípula-mor, a juíza Gabriela Hardt, correu a aprovar TUDO o que Moro lhe ordenou sobre a Fundação – um caso em que Dallagnol me parece ser um “testa de ferro confiável”, um cúmplice, um aliado na trama inominável que daria a eles – Moro e os procuradores, além dos amigos e aliados (jornalistas, desembargadores do TRF4, juízes como a Gabrilela, etc., etc.), dinheiro, fama, poder – num ciclo que duraria anos e anos, talvez, o CONTROLE DA POLÍTICA NO BRASIL. Eis o que o STF, talvez sem o saber, abortou!
    .
    A Lava Jato tornou-se, como a Globo, um tumor maligno na sociedade brasileira. Esse organismo, independente e mafioso, não se contenta mais com o que realizou – impeachment de Dilma, Lula preso e incomunicável, Bolsonaro no poder (um “ponto fora da curva, indesejável, mas aceitável, talvez….?”) – Quem desfruta do PODER ABSOLUTO, se vicia nisso, inclusive no SADISMO latente em vários membros da Lava Jato, como Moro em relação a Lula, como a juíza Carolina Lebbos, perversa, injusta e indigna em relação a Lula, como seu mestre, Moro, como a delegada Érika Marena, que levou o reitor Cancellier ao suicídio, como o covarde e pusilânime procurador Carlos Fernando dos Santos Lima, que sugeriu, debochando, que Moro deveria ter conduzido coercitivamente dona Marisa, esposa de Lula, falecida por conta desse massacre horrendo, enfim, há elementos PRÁTICOS (o poder em si…) e também PSICÓTICOS, o gozo do sadismo e do exercício SEM CONTROLE do poder pelas mãos dessas pessoas, OUTRORA COMUNS, hoje, acostumados com o gosto do poder e do sangue dos inimigos em suas bocas de hienas…..
    .
    Ai de nós se essa corte nauseabunda que temos, perder essa guerra para a Lava Jato…. O que parece “péssimo” se tornará INTOLERÁVEL!
    .
    Às vezes, em processo sociais e políticos tenebrosos como esse que vivenciamos no Brasil, é preciso sim, escolher o “mal menor” – Particularmente, não tenho dúvidas que NADA PODE SER PIOR DO QUE UM PAÍS COMANDADO POR ÉRIKAS, MOROS, DALLAGNÓIS e seus assemelhados…..
    .
    Que o Supremo enquadre essa gangue, essa MÁFIA, e tenha, quem sabe, a grandeza de enquadrar a si mesmo, revendo algumas lições básicas do Direito Constitucional e das garantias fundamentais, que não podem JAMAIS ser ignorados.
    .
    Concordo totalmente com o Nassif: o Brasil está, literalmente, em jogo nessa guerra.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome