Fora de Pauta

O espaço para os temas livres e variados. Podem ser colocados aqui os vídeos e as notícias em geral. Deixe sua dica nos comentários.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Fome no Brasil: de exemplo mundial à preocupação

6 comentários

  1. Socialismo Militar

    Os militares que apoiam incondicionalmente Jair Bolsonaro e que pegaram uma boquinha em seu governo deveriam pleitear a divisão das rachadinhas do Queiroz.

    Nos tempos atuais, nem relógio trabalha de graça (tem que trocar a bateria de vez em quando) e 60% de gratificação sobre o salário para quem dá o “sangue pela pátria” é muito pouco, que o diga o “competente” general Pazuello, o homem das 100 mil mortes, e que os militares cínicos costumam chamar de “ministro sinistro da sáude”.

    Não se surpreenda, o humor militar é sempre pavoroso, perverso, sado masoquista.

    É como já declarou Bolsonaro: “minha especialidade é matar”. E ele gosta tanto do que faz que se aliou ao coronavírus e já matou um número muito maior de brasileiros do que ele prometeu eliminar caso fosse eleito: 30 mil, começando por FHC.

    E vem mais por aí, não é general Pazuello?

    Nota 100 para o Senhor no dia dos pais. Pelo menos hoje, tente fazer uma trégua com o coronavírus.

  2. DEPOIS de Bolsonaro e seu sinistro da saúde, o lema da Bandeira Nacional deveria ser MORTE E PROGRESSO.

    Nota 100 para os dois.

    OBS: minha preocupação é que eles querem inventar a nota de 200. E aí phodeu tudo.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome