Freixo e Paulo Teixeira compõem GT que vai analisar pacote de Moro

O relator do grupo de trabalho é membro da bancada da bala, Capitão Augusto. Grupo ainda conta com a bolsonarista Carla Zambelli

Jornal GGN – O colunista da Revista Época Guilherme Amado divulgou uma nota, nesta quinta (21), informando que o grupo de trabalho que irá analisar o pacote anticrime de Sergio Moro terá a participação de duas lideranças da oposição e dois governistas, sendo Marcelo Freixo (PSOL) e Paulo Teixeira (PT) os escolhidos à esquerda.

O líder da Bancada da Bala, deputado Capitão Augusto, do PR de São Paulo, será o relator do grupo de trabalho. A deputada federal Carla Zambelli, do PSL de São Paulo, também participará das discussões.

O GT foi formado por decisão de Rodrigo Maia, para desacelerar a tramitação do projeto de Moro, já que a prioridade do governo Bolsonaro é aprovar a reforma da Previdência.

O GT tem 90 dias para discutir o pacote anticrime e somente após a apresentação do relatório é que o projeto de Moro seguirá para uma comissão permanente da Câmara.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Caso Marielle: entregar o caso a Moro é engavetar, por Luis Nassif

2 comentários

  1. Rodrigo deu o troco na hora. Membros muito bem escolhidos da esquerda. Ficamos aguardando outros ótimos “trocos”!

  2. Melhor parceiros do Moro o Maia não podia encontrar.
    Um é o menino da globo, que foi a maior beneficiada e trabalhou em parceria com a lava-jato e usou esta para derrubar Dilma e prender Lula e o outro sempre apoiou a lava-jato.
    O Paulo Teixeira, sempre apoiou a Lava-jato, esses dias mesmos ocupou a tribuna para pedir outra lava-jato a da Toga. Como se isto não estivesse o suficiente fora da caixinha.
    Já o Freixo, que engana todo mundo se dizendo de esquerda, sempre vem com umas de desmobilização, esses dias mesmo para combater o movimento Lula Livre ele disse que a luta por Lula não unifica.
    Se depender desses dois, o pacote anti crime de Moro vai sair em tempo recorde e mais facista ainda.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome