FUJAM OS BOLIVARIANOS CHEGARAM!

O QUE A FALTA DE CONHECIMENTO POLÍTICO NÃO PODE FAZER!

SERÁ QUE ALGUÉM É CAPAZ DE CONTESTAR?

Tem gente entrando em pânico por medo dos comunistas. Dizem até, que uma ditadura dessas já está sendo instalada no Brasil. Antes de entrar na onda da propaganda paga, vamos refletir (pensar).

.
O QUE É COMUNISMO?

É o fim da iniciativa privada. Ou seja, o confisco de todas as empresas, que passariam a ser do Estado, e controladas pelos políticos. Se o atual governo não conseguiu sequer fazer a lei do VOTO IMPRESSO funcionar (foi considerada inconstitucional pela “justiça” do STF), e nem aprovar o decreto participativo; que dirá confiscar todas as empresas do país.

Saiba mais sobre comunismo, e como o Brasil, a Holanda, e outros países europeus estão ajudando Cuba a acabar com esse execrável regime:

https://www.facebook.com/democracia.direta.brasileira/photos/a.300951956707140.1073741826.300330306769305/353216091480726/?type=3&theater

.
A FALTA DE INTELIGÊNCIA POLÍTICA!

Existem noções tão básicas de economia e política, que até uma criança de 12 anos pode compreender, mas não são levadas em conta, por quem anda desvairado de medo com os comunistas “bolivarianos”:

1) Estamos inseridos numa verdadeira guerra econômica dentro da globalização, e os países imperialistas fazem de tudo pra levar vantagem, principalmente financiando campanha política, de quem está disposto a beneficiá-los. Exemplo:

http://www.folhademaringa.com.br/wikileaks-psdb-prometeu-entregar-o-pre-sal-aos-norte-americanos/

2) A indústria é mais importante que o comércio! Portugal e Espanha já se lascaram com seu “mercantilismo”, porque deram mais importância ao comércio, do que à produção. Não deram atenção à nascente indústria, que crescia na época da colonização. Por isso foram dominados pela Inglaterra, e posteriormente pela França. Os dois países que se achavam donos do mundo, acabaram como nações pouco expressivas, e com imensos problemas.

3) A indústria precisa de mão de obra especializada e trabalhadores bem alimentados. Ou seja, requer um bom padrão de vida, e um excelente sistema de ensino, para se desenvolver. Sem isso, não tem como competir com multinacionais. O ideal é que tenhamos nossas próprias empresas, porque as dos outros países pagam salários menores por aqui, e não investem em pesquisa científica fora de seu país. A Inglaterra, por exemplo, obrigou o mundo inteiro, inclusive nós, a acabar com a escravidão, porque se o escravo tivesse renda, viveria melhor, e compraria mais produtos de sua indústria.

4) Investir no nordeste, e garantir o bolsa família, para que nossas crianças não passem fome, como se faz nos EUA, Alemanha, Austrália, Suíça, etc; evita que eles venham para o sudeste, e pressionem o preço de nossa mão de obra para baixo. Se nossa renda hoje aumentou, e podemos andar de avião, fazer faculdade, comprar carro novo, comprar imóveis, etc; isso se deve principalmente pelo fim da escravidão do nordestino.

5) Algumas pessoas ainda têm uma ideia tremendamente equivocada, de que para prosperar, precisam explorar os outros (ESCRAVIDÃO). Esse raciocínio idiota ainda vem do mercantilismo medieval, onde o comércio era privilegiado, e o grande barato era acumular riquezas comercializando as mercadorias. É uma ideia tremendamente SIMPLISTA E EQUIVOCADA, de que a riqueza do país deve ser disputada por todos, e quem for mais “esperto”, consegue explorar os demais, ficando rico.

6) O deslocamento das riquezas (comércio) é importante, mas a PRODUÇÃO DE RIQUEZAS é infinitamente superior! Um povo que se dedica apenas em levar vantagem em cima dos outros, e explorar os menos favorecidos; está destinado à miséria. Pois se o pobre não tiver poder aquisitivo para consumir, nossas indústrias não produzem tudo o que poderiam. E produzindo pouco, ficam sem recursos para investir e se modernizar.

7) Crianças sofrem sequelas irreversíveis no cérebro, se passarem fome, ou tiverem verminose. Tornam-se aqueles estudantes e trabalhadores que nada aprendem. Isso é bom para o medieval sistema mercantilista escravocrata. Porque teríamos pessoas submissas, que trabalhariam apenas para comer, e poderíamos nos apossar das merrecas de “riquezas” do país, que sobrassem, enrolando-os facilmente. Mas, e para a indústria? Isso é bom ou é ruim? Interessa à indústria trabalhadores que não aprendem nada, não ajudam a inovar, e também não consomem?

8) É muito MAIS BARATO investir em mecanismos de transferência de renda, salvando nossas crianças da miséria; do que ter de sustentá-las amanhã nas penitenciárias, ver os índices de criminalidade subirem, sentir-se um prisioneiro em sua própria casa; ou ser a próxima vítima da violência disseminada na sociedade, por culpa de nossa própria omissão, falta de auto crítica, e avareza.

9) A cultura escravocrata e de exploração, que ainda existe no país, é uma verdadeira ABERRAÇÃO, fruto do que podemos chamar de IRRACIONALIDADE COLETIVA. Pois seus seguidores não percebem, o poder de produzir riquezas da indústria. O pensamento mercantilista valia na época em que a produção era precária, depois da eletricidade, e dos avanços da ciência, hoje produzimos milhares e milhares de vezes mais, do que na idade média.

10) Mas como uma ideia tão IDIOTA pode crescer no país? É simples! Juntam-se políticos corruptos com grupos econômicos de países imperialistas, e resolvem o problema, de não ter como vender a produção industrial aos pobres, permitindo que as multinacionais exportem seus produtos, mesmo sem termos necessidade de acumular dólares, já que nossas reservas nessa moeda são mais que suficiente para pagarmos nossas dívidas no exterior. Em países como a capitalista e democrática Rússia isso é proibido por lei.

11) A jogada dos países imperialistas é produzir onde existe miséria, e exportar a produção para a Europa e EUA, onde já dominam esses mercados. Ou seja, quanto menor nossos salários, maior serão seus lucros. Isso chama-se neoliberalismo, a política da miséria e da exploração dos miseráveis, adotada pela ditadura, e pelo governo do PSDB. Esses caras não investiram no nordeste de propósito, para criar a corrente migratória, garantindo a redução de nossos salários aqui no sul. E é justo e necessário, que hoje eles recebam mais investimentos, para compensar o atraso.

12) Acabar com a miséria e a exploração dos menos favorecidos, NÃO É COMUNISMO! É exatamente o que foi feito pela Inglaterra, França, Alemanha, EUA, etc. Não devemos ter o olho maior que a barriga. O preço de ser tão IRRACIONAL é imenso, significa nossa própria colonização pelos países imperialistas. Não devemos nos preocupar em nos acotovelar, com uns arrancando os olhos dos outros, numa disputa insana, para ver quem consegue se apossar da maior parte de nossa MISÉRIA. Precisamos nos preocupar apenas em produzir RIQUEZAS, com nossos próprios esforços e conhecimento, o resto vem naturalmente…

13) A indústria nacional depende do que sobra no bolso do trabalhador. Quanto mais elevada for nossa renda, maiores serão suas vendas. Existe um equilíbrio entre preços e salários, onde o ideal foi atingido na Europa e EUA. No Brasil, mais da metade do capital industrial é estrangeiro, e grande parte exportador. Isso explica porque nossas associações industriais defendem mais aos interesses dos exportadores (R$R$R$R$R$R$R$). Eles fazem o que podem de pressão, financiando políticos, para reduzir nossos salários, desequilibrando a economia. Porque já tem onde vender seus produtos no exterior. Isso chama-se COLONIZAÇÃO, um processo que tem sido enfrentado e revertido ao longo dos últimos governos. Precisamos acima de tudo, criar condições para que nossas empresas substituam as estrangeiras, dando-lhes condições para que entrem no mercado, e em condições de competir. Porque ficar sem os investimentos que temos deles hoje, é até pior. A solução é a longo prazo, e requer um sistema de ensino sofisticado, com um povo bem alimentado. Nada que possa ser feito da noite pro dia.

.
DEIXE GRAMSCI COM CARA DE BANANA PASSO A PASSO!

Leia também:  Fora de Pauta

É simples, mas você terá que fazer CIÊNCIA POLÍTICA na prática (não na escola). Precisará de um bom ESPAÇO AMOSTRAL, para realizar sua PESQUISA DE CAMPO. Encontre alguns pontos onde pessoas se reunam e possam bater um papo informal, como numa padaria, num clube, etc. Quanto mais popular o lugar melhor. Explique que você é um cientista social, e está fazendo uma pesquisa. Pergunte a elas o seguinte:

VOCÊS ACEITARIAM CONFISCAR TODAS AS EMPRESAS DO PAÍS, E ENTREGÁ-LAS NAS MÃOS DOS >>>>POLÍTICOS<<<<?

Não precisa ficar constrangido, as garalhadas seriam para GRAMSCI, e não para você. Afinal, você não imagina que isso seja possível, sem um grande conflito armado, como Gramsci propõe, não é mesmo?

De posse desses DADOS EMPÍRICOS, você conseguirá explicar, porque países como Canadá, EUA, Austrália, Nova Zelândia, e toda a parte mais rica da Europa, adotaram políticas sociais, chamadas de comunistas por nossos desvairados alarmistas; passaram por todo o processo “profetizado” por Gramsci, e, mesmo assim, não querem nem ouvir falar de comunismo!

Como também somos seres humanos, não passamos por nenhuma aberração genética, e ainda temos uma população de maioria católica; aberração seria imaginar, que faríamos diferente…

.
SOBRE O FORO DE SÃO PAULO!

Tem comunista no meio? Claro que sim, mas são partidecos histéricos, patéticos, e inexpressivos, que o povo obrigou a baixar suas bandeiras durante os protestos de 2013.

O PT é um partido onde grande parte de seus políticos são empresários, recebe dinheiro da até da VISA NET, dos banqueiros, e jamais manifestou a intenção de confiscar nossas empresas.

O PT participa do Foro de São Paulo, assim como participa e coordena reuniões com a FIESP, com o mundo empresarial, e até com os banqueiros. Isso não quer dizer que seja de extrema direita, mas muito menos seria de extrema esquerda…

Se o PSB, partido que apoiou o Aécio Neves, e elegeu o vice governador de São Paulo, junto com o Alckmin, não pode ser considerado comunista, ainda que participe do Foro de São Paulo. Muito menos o PT poderia receber esse título.

É preciso diferenciar SOCIALISMO de COMUNISMO. Capitalismo é o Estado governado para o capital (empresas nacionais e estrangeiras); COMUNISMO, o Estado governado para os políticos; e SOCIALISMO, o Estado governado para a sociedade. Já tivemos governos socialistas na Grécia, Espanha, França, Suécia, etc. Qual é o problema em se dar mais ênfase à sociedade, que às empresas? País que privilegia mais o capital, se tiver muita multinacional, vira colônia facilmente…

.
O BOLIVARIANISMO!

O discurso reacionário da extrema direita fala da prática “bolivariana”, debochando de tudo o que é feito no sentido de combater a miséria e exploração, além da maior democratização promovendo consultas ao povo; chamando-os de bolivarianismo.

Bolivarianos, para eles, seriam países como a Bolívia, e a Venezuela. O termo foi adotado pelo falecido Chaves. Mas o que de fato fazem esses países? Eles se defendem como podem do imperialismo, não têm nada de comunismo, combatem a miséria e a exploração, e garantem o direito de seus povos cassarem os políticos, além de propor e derrubar leis.

Será que viraram uma maravilha? Claro que não! São países vítimas do imperialismo internacional por séculos, que têm sérios problemas, muito maiores que os nossos. Mas estão aos poucos superando-os. Tanto que a Venezuela está bem a frente do Brasil em padrão de vida (IDH), sem esquecer de que o atual governo brasileiro nos fez avançar 6 posições nesse ranking:

http://en.wikipedia.org/wiki/List_of_countries_by_Human_Development_Index

Achar que a Venezuela se tornaria um paraíso, depois que copiou o sistema político dos europeus, seria muita burrice; pois a Europa está décadas a nossa frente. Saiba mais sobre a imperfeita, mas promissora Venezuela:

https://www.facebook.com/democracia.direta.brasileira/photos/a.300951956707140.1073741826.300330306769305/419449001524101/?type=3&theater

.
COMBATER A MISÉRIA, A EXPLORAÇÃO, E O IMPERIALISMO INTERNACIONAL NÃO É COMUNISMO, MAS PODE ATÉ SER CHAMADO DE BOLIVARIANISMO!

DICA PARA QUEM ESTÁ DESVAIRADO DE MEDO COM OS COMUNISTAS!

Para essa galera desvairada, BOLIVARIANISMO = COMUNISMO. Algumas aberrações dessas chegam a pedir a volta da ditadura; e isso chega a ser revoltante. Porque para nós, que exigimos um mundo mais justo e moderno, é muito difícil conseguir um visto permanente e algum apoio para se mudar pra Europa ou EUA. Ou seja, só nos resta três opções:

LUTAR, OU LUTAR, OU LUTAR…

Agora essa galera desvairada, que não é capaz sequer de debater um assunto de forma objetiva e racional, que tem preguiça de ler, e não consegue interpretar um texto; fica enchendo o saco, atrapalhando o trânsito, pra pedir a volta da ditadura. Olha, numa boa,

LUGAR DE DITADURA É LÁ NA ÁFRICA!

Juntem suas tranqueiras, e mudem-se pra lá. Garanto que serão recebidos de braços abertos por seus ditadores, e não farão falta alguma aqui no Brasil…

Mas como a teimosia é uma característica forte dessas pessoas, vamos tentar evitar, que elas não dêem de cara outra vez com os bolivarianos:

.
REPÚBLICA BOLIVARIANA DA ALEMANHA

Vejam o que é a Alemanha, e como eles são “perigosos comunistas”:

““bolsa pobre” (Hartz IV antigo sozialhilfe) prá todo mundo que é “pobre”= R$1227,19
– se vai ser mãe, 17% a mais
– se é pai/mãe solteiro, até 60% a mais; 12% por criança;
– com uma deficiência qualquer, 35% a mais (fora outros auxílios!)
– etc
TODAS as pessoas tem direito a habitar num espaço de 45 m² para uma pessoa, 60 m² para duas e 15m² suplementares para cada integrante da família e o GOVERNO paga a diferença de aluguel se isto não for possível com as condições financeiras das pessoas.

Por lei, todas as casas/apartamentos alugados tem que ter água, luz e aquecimento e TODAS as pessoas tem o direito a isto, com intervenção e ajuda do governo se não houver.

“bolsa desemprego” – durante 150 dias o GOVERNO paga seu último salário para você até o limite de R$16. 119, 39. Depois disto você passa para o “bolsa pobre”.

“bolsa criança” (kindergeld), não só para pobres mas para muitos que pertencem à classe média baixa = R$575,92 por criança, depois do terceiro aumenta…

“bolsa pais” (elterngeld), para pais que se ocupam de suas crianças = R$938,99 a mais sobre os outros benefícios.

“bolsa universidade” (Bafög) = o Governo paga a universidade e, somente se você se empregar depois e passar a ganhar acima de um certo salário, ele cobra parcelas pequenas sem juros deste montante!

“bolsa creche” (Kindesunterhalt) = o Governo paga um montante relativo aos ganhos da família para a criança ir para a creche ou, se ficar em casa, a família ganha este montante. É relativo ao salário da família.

“bolsa casa” (Wohngeld) = o governo ajuda a pagar seu aluguel, calculado em função das leis de condições mínimas, dos salários da família ou adicionado ao “bolsa pobreza”.

“bolsa falência” (Insolvenzgeld) = se você for a falência e não tiver dinheiro para pagar teus funcionários mesmo depois de tudo vendido, o governo garante estes salários.

Leia também:  Rússia tenta interferir na eleição em favor de Trump, diz inteligência dos EUA

E há muito mais e, em termos de “regulamentação”, tenho a impressão que a Alemanha é dos países que mais as tem e são tantas que eu teria que escrever um livro sobre como o Governo regulamenta qualquer coisa, desde filmes e imprensa até a largura de escadas em escolas, sejam públicas ou privadas (que quase não há pois é lei todas as crianças irem para a escola – com pena até de prisão para os pais que negarem! – e é dever do governo proporcionar esta oportunidade!).

Mas acho que já deu para ter uma ideia dos motivos que fazem os Alemães serem tão “vagabundos”, “não querem trabalhar”, “não produzem nada que preste” e são “voto cabresto”. É um povo muito burro, acomodado e subdesenvolvido…”

Confiram as informações:

http://pensadoranonimo.com.br/alemanha-uma-fabrica-de-vagabundos-segundo-a-logica-de-certos-brasileiros/

http://www.sozialleistungen.info/

COMO É A ESCOLA NA ALEMANHA:

http://exame.abril.com.br/carreira/noticias/quer-estudar-na-alemanha-agora-e-de-graca

Sistema político da Alemanha:

https://www.facebook.com/democracia.direta.brasileira/photos/a.300951956707140.1073741826.300330306769305/454699894665678/?type=3&theater

.
REPÚBLICA BOLIVARIANA DA SUÉCIA:

“Pros amigos querendo fugir da República Bolivariana Brasileira™, não recomendo a Suécia. É bolsa família, bolsa escola, bolsa desemprego, bolsa habitacao, bolsa-pros-asilados-da-Siria e os PRESOS VÃO PRA COLÔNIA DE FERIAS! A maior rede de televisão É ESTATAL! CADE A LIBERDADE DE IMPRENSA? E EU AINDA PAGO IMPOSTO PRA ISSO!

Meu salario é todo imposto e o que sobra não dá pra pagar empregada doméstica! Imagina, tenho de lavar minha propria privada, um horror! Tenho de andar de ônibus e bicicleta, NA NEVE!

E…segurem-se nas cadeiras….SÓ SE COMPRA CERVEJA NAS LOJAS ESTATAIS! DITADURA!

É praticamente a Venezuela, corram para Miami por favor. O iPhone também é caro aqui, não dá pra levar muamba pra revender.

—————
PS: Não to acreditando que vou ter de editar esse post pra escrever isso, mas gente, por favor. estou sendo IRÔNICA. Leiam os comentarios.
————–

PS PS (31/10): É duro, mas vou ter de desenhar pq o abuso na minha caixa de mensagens foi longe demais. Amigos, eu AMO a Suécia (e o Brasil também!). Não estou falando mal da Suécia, pelo contrário. Sou extremamente grata ao país por tudo o que eu consegui aqui, e quero muito que um dia ao Brasil chegue a esse patamar. Meu post foi SARCÁSTICO. Eu lavo minha própria privada, com muito orgulho. Ficou explicado agora?”

Também não estou comparando a Suécia com o Brasil, pq isso é tão imbecil como comparar o Brasil com Cuba. Estou falando sobre politicas sociais, tentando mostrar a hipocrisia de quem reclama do Bolsa Familia e grita “ditadura” para outras acoes do governo, mas ignora que praticamente a Europa toda tem programas muito mais abrangentes de auxilio a quem precisa – e no caso da Suécia em especifico, controle estatal até na venda de bebidas. Mas só é bonito quando é lá fora, né?

Obrigada a todos que compartilharam, curtiram e participaram da discussão!” Daniela Farias

Confiram:

https://www.facebook.com/agrias/posts/10152816189927140

https://www.facebook.com/democracia.direta.brasileira/photos/a.300951956707140.1073741826.300330306769305/503107126491621/?type=3&theater

.
MONARQUIA BOLIVARIANA DA INGLATERRA / REINO UNIDO:

“Li uma sátira sobre o ‘bolivarianismo’ na Austrália (goo.gl/J0LW8p) e resolvi fazer a minha versão sobre as minhas experiências e observações no Reino Unido.
O Bolivarianismo Britânico*
*país que possui uma monarquia hereditária, uma aristocracia milenar (0,6% da população é dona de 69% das terras) e um governo CONSERVADOR desde as eleições de 2010. Mas extremamente bolivariano! A ver:
1 – Desde o escândalo do jornal News of the World em 2011 (o jornal ilegalmente acessava voicemails de pessoas a fim de obter ‘furos’ de reportagens), o governo britânico estabeleceu uma serie de marcos regulatórios para a mídia a fim de não permitir abuso por parte dos veículos de comunicação. Entre eles estabeleceu-se o Independent Press Standards Organisation (Ipso) que regula a atividade da imprensa e aplica pesadas multas àqueles veículos que fujam de padrões éticos do jornalismo. Uma verdadeira afronta bolivariana à liberdade de expressão no país de titia Beth! (http://goo.gl/xR4JEF) (http://goo.gl/TkXNxH).
2 – A principal emissora no Reino Unido é a estatal British Broadcasting Corporation (BBC). Um clássico caso de propaganda e lavagem cerebral centralizador típica de governos totalitários como o britânico (http://goo.gl/xFz4oA).
3 – A BBC é principalmente mantida pela taxa da TV Licence, obrigatória a todos aqueles que possuem TV em casa. A taxa custa £145,50 anuais (R$594,85) por domicílio. Uma vergonha! Onde já se viu cobrar pela TV aberta? Chávez certamente apoiaria tal politica! (http://goo.gl/RfaeZD).
4 – Somente durante o governo atual (CONSERVADOR em coalizão com os liberais-democratas) foram levados a cabo três plebiscitos sobre três questões distintas: devolução parcial de poder ao País de Gales, mudança ou não das regras do processo eleitoral britânico e se a Escócia iria ou não se separar do Reino Unido. Um uso flagrante de plebiscitos como armas populistas e perigosamente populares! (http://goo.gl/FI31U0).
5 – Há uma taxa DIÁRIA de £11,50 (R$47,02) para aqueles que queiram dirigir seus carros no centro de Londres de segunda a sexta ate as 18:00 horas (‘congestion charge’). A multa para aqueles que não tenham pago é de £130 (ou £65 se paga em 14 dias do dia da multa) – R$531,48 e R$265,74, respectivamente. Uma verdadeira atitude bolivariana e afronta ao direito divino de ir e vir do cidadão londrino. O logo da ‘congestion charge’ é um grande C em um fundo VERMELHO! Coincidência? Eu acho que não!!! (http://goo.gl/C4x55G) (http://goo.gl/0cw5aJ).
6 – Os parlamentares britânicos normalmente possuem um dia da semana (‘surgeries’) em que membros de suas respectivas constituintes podem consultá-los e propor questões para serem levadas adiante a seus respectivos partidos políticos. Uma clara deturpação bolivariana da democracia representativa (http://goo.gl/BUCmq1).
7 – Aqueles que possuem uma renda de mais de £150.000,00 anuais (R$613.249,09) (o valor mais alto da tabela tributária) pagam 45% de impostos ao governo britânico. Antes mesmo de terem o dinheiro depositado em suas contas. Um verdadeiro caso de estelionato econômico por parte do governo. Praticamente um golpe bolivariano/neocomunista/confiscador mensal (http://goo.gl/9MQCBf).
8 – Aqueles que recebem £10.000,00 anuais (R$40.883,27) ou menos (o valor mais baixo da tabela tributária), não pagam impostos sobre seus salários. Introduzido pelo atual governo CONSERVADOR (o teto anterior era mais baixo), essa medida claramente possui um indiscutível viés bolivariano populista em que os empregadores arcam com os tributos do país em nome da vagabundagem coletiva da massa mal-cheirosa (http://goo.gl/9MQCBf).
9 – É comum que a classe trabalhadora britânica vá a Europa continental (Espanha e Grécia são destinações populares) em suas despedidas de solteiro(a) por meio de passagens de avião bastante baratas. A falta de glamour em se viajar por vias aéreas na Europa ao lado desta massa mal-cheirosa em seu torpor alcoólico mostra claramente as nefastas consequências de um pais dominado pelo bolivarianismo populista tributário acima descrito.
10 – Os desempregados britânicos recebem a quantia de, no máximo, £72,00 (R$295,99) por semana. Um absurdo! O bolivarianismo britânico deveria se espelhar em repúblicas que recentemente também adotaram o bolivarianismo na América Latina (como o Brasil) que pagam em média somente R$150,00 por mês (http://goo.gl/dPiYIx) (http://goo.gl/t2WNqe).
11 – O governo britânico gasta 15% de seu PIB em bem-estar social (‘welfare’) anualmente. Um sangramento das contas públicas que compra o voto dos vagabundos! Novamente, o Brasil deveria servir de inspiração para a diminuição de tais gastos, pois gasta somente 2,86% de seu PIB com a sua massa mal-cheirosa. E faz muito bem! (http://goo.gl/MSCjWy) (http://goo.gl/PxgmkN).
12 – O sistema estatal de saúde britânico (National Health Service – NHS) é gratuito e de grande porte. Emprega diretamente 1.7 milhões de pessoas (um número absurdo de funcionários públicos!!!) e possui um orçamento colossal de £108,9 bilhões (R$445,22 bilhões). Um verdadeiro desperdício de verba pública em nome da perversidade ideológica do bolivarianismo! (http://goo.gl/cdVM8F).
13 – O paciente do NHS, se receitado medicamento, paga apenas £8,05 (R$32,91) pela receita em troca do remédio, independente de qual: de loção para espinhas a medicamentos para tratamento de cancer (por exemplo). Uma verdadeira fogueira com os impostos do empresariado britânico! (http://goo.gl/EUJNw2).
14 – Os desempregados que recebem seguro-desemprego do governo, os idosos com mais de 60 anos, os menores de 16 anos, aqueles de 16 a 18 anos que estudam integralmente, grávidas e mais tantos outros nem pagam pela receita. Ganham medicamentos de graça! Certamente tal bolivarianismo populista nos levará todos ao abismo!! Não pode dar o peixe, tem que ensinar a pescar! (http://goo.gl/EUJNw2).
15 – Há ciclovias por todos os lados no Reino Unido. O prefeito de Londres, CONSERVADOR bolivariano que é, não satisfeito com o número de ciclistas em sua cidade, ainda introduziu bicicletas para alugar (em conjunção com o banco Barclays, uma instituição extremamente esquerdista) por £2,00 por dia (R$8,18) pela cidade inteira. A moda pegou e vários centros urbanos adotaram essa mesma medida babaca bolivariana (http://goo.gl/2Ld58w) (http://goo.gl/pKs4HE).
16 – O casamento entre pessoas do mesmo sexo entrou em vigor na Inglaterra e no País de Gales a partir de março/2014 e entrará em vigor a partir de dezembro/2014 na Escócia. Se isso não mostra o quanto estamos vivendo sob uma ditadura gayzista e feminazi bolivariana na ilha de titia Beth eu não sei o que mostra! (http://goo.gl/K7U2EY).” Ivan Pregnolato

Leia também:  Refundação do Brasil passa por desencarcerar e descriminalizar a cannabis, diz Valois

Acrescento, que o imposto sobre transmissão de bens hereditários tem seu teto no Brasil de 8%, estabelecido pelo Senado. Sendo que na maioria dos estados, que são os cobradores do imposto, ele é cobrado apenas 4 %. Na Inglaterra, berço do neoliberalismo, eles viraram “bolivarianos ferrenhos”, e cobram 80%. Ou seja, não tem moleza pra filhinho de papai. Se quiser ser rico, pode! Só que tem que ser competente, como o papai… Imaginem o que sobra de recursos, pro governo investir em educação, pesquisa científica, e bem estar social.

Confiram:

https://www.facebook.com/democracia.direta.brasileira/photos/a.300951956707140.1073741826.300330306769305/503107126491621/?type=3&theater

.
REPÚBLICA BOLIVARIANA DA AUSTRÁLIA:

“1. Há conselhos da sociedade civil para tudo (peak bodies), e os governos os consultam e prestam-lhes satisfação regularmente.

2. O governo paga até R$1562 de Bolsa Família (Parenting Payment, bit.ly/1pgKakt), sem qualquer exigência como frequência escolar ou vacinação.

3. Não se pode fazer reforma em casa sem submeter os seus planos à consulta pública, através da prefeitura, que os pendura na porta da tua casa por duas semanas ou mais para quem quiser reclamar. Se os teus vizinhos não gostarem da ideia, a prefeitura não aprova (bit.ly/10jbDX2).

4. Há churrasqueiras e piscinas públicas nos parques e nas praias pagas com o bolso do contribuinte.

5. As cláusulas dos contratos de aluguel residencial são ditadas pelo governo do estado (residential tenancy agreement, bit.ly/13zgxkz).

6. Não se pode trabalhar de barman sem licença específica para servir álcool (RSA, bit.ly/1tz6zJW).

7. Não se pode vender álcool em mercados e supermercados; só em lojas especificamente para isso licenciadas pelo Estado (bottle shops, bit.ly/1GeNvWg).

8. Não é permitido trabalhar de eletricista, encanador ou pedreiro sem licença do Estado (home building license, bit.ly/1e43SWa).

9. Não é permitido abrir um cabeleireiro sem licença específica do Estado (business license, bit.ly/1pgLuEb).

10. Tem ciclovia para todo lado, e é proibido andar de bicicleta sem capacete ou na calçada. A multa é R$115 em Sydney (bit.ly/1wrwp3g), R$332 em Adelaide (bit.ly/1go9IaK) e R$400 em Melbourne (bit.ly/1wXXbQQ).

11. Todos os filmes exibidos em cinemas, festivais e instituições de ensino precisam passar pela censura (Classifications Board, classification.gov.au).

12. Não é permitido o marketing de cigarros e produtos de tabaco, nem mesmo na própria embalagem (bit.ly/1xS5POW).

13. O salário mínimo é R$5395 a.m. (bit.ly/1tuiW8n, alguém pode por favor avisar o Armínio Fraga?)

14. Em Melbourne o governo subsidia 88% do transporte público (bit.ly/1wZ4AgK). A Prefeitura de São Paulo subsidia 20%.

15. Os nativos que moram em áreas remotas recebem uma Bolsa Aborígene de R$76 a.m. (bit.ly/1zrGz6q).

16. Paga-se em média R$3600 a.m. de impostos diretos e indiretos (no Brasil é R$830).

17. Tem 1 funcionário público para cada 13 pessoas (no Brasil tem 1 para cada 17).

18. Paga-se ao governo do estado R$235 a.m. para ter 1 vaga de carro na área central de Melbourne para desestimular as pessoas a irem de carro para a cidade (congestion charge, bit.ly/1A3Vipo).

19. Os governos estaduais distribuem um ‘kit sexo’ nas escolas que ensinam os “de menor” sobre, entre outras coisas, homossexualidade, bissexualidade e masturbação (bit.ly/1GeKB3Y, p.8-9).

20. O voto é obrigatório e a multa é R$43 (no Brasil é R$3,51). Se não justificar ou pagar a multa, irá para a justiça. Se o eleitor for considerado “culpado”, a multa sobe para R$370 mais os custos do tribunal e o “culpado” pode ficar fichado na polícia (no Brasil não há criminalização e quaisquer sanções são suspensas assim que quitada a multa de R$3,51 no cartório eleitoral).” André Levy

Confiram:

https://www.facebook.com/democracia.direta.brasileira/photos/a.300951956707140.1073741826.300330306769305/502231563245844/?type=3&theater

.
AS ESPERANÇAS!

1) Esperamos que as pessoas tomem consciência, de quanto é feio encher o saco, e atrapalhar o trânsito, para pedir a volta da ditadura, ou manifestar seu medo desvairado pelos comunistas.

2) Esperamos que tomem vergonha na cara, e mudem de uma vez para a África. Claro que pra parte mais pobre, Africa do Sul, por exemplo, já não vale…

3) Esperamos que os demais, os que não estão em paranoia contra o comunismo. Que também tomem vergonha, percebam o quanto é complicado e difícil promover uma manifestação; e quando surgir a oportunidade, que sejam objetivos e saibam o que pedir:

REFORMA POLÍTICA

MAIS DEMOCRACIA

DIREITO DE CONVOCAR REFERENDO

DIREITO DE CONVOCAR PLEBISCITO

DIREITO DE CASSAR POLÍTICOS

VOTO IMPRESSO

ETC…

Porque senão, o protesto passa, e a gente fica com cara de banana, que não conseguiu nem deixar o recado, dizendo exatamente o que quer!

LINKS RELACIONADOS:

A investigação de um escândalo como o da Petrobrás, jamais seria feita em governos tão corruptos, como os do PSDB:

http://www1.folha.uol.com.br/poder/2014/11/1548948-petrobras-muda-brasil-para-sempre-diz-dilma.shtml

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome