General xingado, Moro quase demitido: o livro sobre o governo Bolsonaro

Até agora, o conteúdo da obra tem sido divulgado em pílulas que mais parecem pequenas bombas

Jornal GGN – O livro “Tormenta — O governo Bolsonaro: crises, intrigas e segredos”, da jornalista Thaís Oyama, deve gerar polêmicas em Brasília. Até agora, o conteúdo da obra tem sido divulgado em pílulas que mais parecem pequenas bombas.

Nesta terça (14), veio à tona que Jair Bolsonaro xingou o vice-presidente Hamilton Mourão de “filho da puta” durante uma conversa por WhatsApp com um amigo, em março de 2019.

Bolsonaro ficou nervoso depois de receber um tweet falso, em que o o general pedia indicação de um “bom psiquiatra”, “especialista em vício em redes sociais”, para o “filho de um amigo meu”.

O livro relata ainda que Bolsonaro pensou em demitir o ministro da Justiça Sergio Moro, depois que o ex-juiz criticou uma decisão do presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, envolvendo o Coaf.

A medida beneficiava o senador Flávio Bolsonaro, investigado no Rio de Janeiro por esquema de rachadinha e lavagem de dinheiro em seu antigo gabinete, no Rio de Janeiro.

Bolsonaro só recuou da intenção de mandar Moro para a rua por causa da intervenção do ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional, Augusto Heleno.

Ainda segundo a autora, Bolsonaro também foi quem orientou Fabricio Queiroz, ex-assessor de Flávio, a fugir do Ministério Público do Rio de Janeiro, no final de 2018.

Bolsonaro orientou que Queiroz não comparecesse aos depoimentos solicitados pelos promotores que o investigam por possivelmente ser o coordenador do esquema da rachadinha.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  mRNA, a tecnologia de ponta na corrida pela vacina contra covid-19

4 comentários

  1. Um livro de fofocas. É mais uma coisa para desviar a atenção do essencial e dar espaço para essa figura que ocupa a presidência da república bailar para sua manada.

    3
    1
  2. E o livro de Janot? E, aliás, o próprio Janot?? Desapareceu para sempre, ou seria apenas um repouso?

  3. quem foi que gritou : Merda no ventilador???????? kkkkkkkkkkk…….estão dizendo que moro chorou implorando a bolsonaro que não o demitisse, uma segunda chance…..são pateticos e hilarios esses cara, o Brasil, oitava economia do mundo…não precisava disso…no final …tudo mundo perde…milhões de desempregados….empresas quebradas…….milicianos no governo…rachadinhas…..queiroz…..laranjal…é a merda toda…e ainda falavamos do pt….puta merda…se arrependimento matasse……

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome