GGN-Covid Brasil: novo recorde de mortes diárias

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Stédile: "Temos que construir um projeto de Nação para eliminar a desigualdade"

1 comentário

  1. Nassif, confesso que tenho dificuldade em acompanhar as projeções de casos e mortes da Covid-19, vis-a-vis o que acaba sendo confirmado. Por exemplo, como já lhe lembrei outro dia, em 30/04/2020 sua projeção (a partir dos dados até então) era de que em 30 dias, num cálculo conservador, o Brasil atingiria 86.000 mortes. No entanto, ontem, 14/07, 44 dias depois, chegamos ainda a 74.133 óbitos. O que causa essa diferença tão grande? Erro de cálculo (não creio)? Acerto das políticas de prevenção (também não parece ser o caso)? Fatores imprevisíveis? Subnotificação? Você não poderia fazer uma análise dessas questões para iluminar um pouquinho o problema? Obrigado.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome