GGN-Covid: compare as curvas de crescimento no Brasil, EUA e países que estão vencendo a guerra

Nas linhas de evolução dos novos casos, Brasil e Estados Unidos continuam disparados na frente, seguidos pelo México.

Os últimos dados do Centro Europeu de Prevenção e Controle de Doenças apontaram para novos 227.756 novos casos e 5.143 novos óbitos.

Em termos absolutos, os Estados Unidos continuam disparados na frente, com mais 63.004 casos, seguido pelo Brasil com 42.619.

Os maiores aumentos percentuais (na média de 7 dias em relação ao dia anterior) foram da África do Sul, Colombia, India, México e Brasil. Em relação aos óbitos, os maiores aumentos foram da Colombia, Africa do Sul, Arabia Saudita, Chile e México.

Nas linhas de evolução dos novos casos, Brasil e Estados Unidos continuam disparados na frente, seguidos pelo México. É importante anotar que, em média, os óbitos refletem as curvas de novos casos com 14 dias de diferença.O

O caso americano é o mais significativo dos efeitos da flexibilização apressada do isolamento. Confira na curva.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Fracassamos Como Nação? Confira todas as entrevistas da série com Luis Nassif

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome