Home Notícia GGN Covid: quase 190 mil novos casos no mundo e Brasil com 25% dos óbitos

GGN Covid: quase 190 mil novos casos no mundo e Brasil com 25% dos óbitos

2
GGN Covid: quase 190 mil novos casos no mundo e Brasil com 25% dos óbitos

Vamos aos últimos dados do Centro Europeu de Prevenção e Controles de Doença, trabalhados pelo GGN.

Foram quase 190 mil novos casos e 4.428 óbitos. O dado que mais importa é a média semanal. Os dois países mais afetados – Brasil e Estados Unidos mostraram uma pequena queda na curva de casos. No caso dos EUA, uma queda um pouco maior na curva de óbitos.

Aqui a média móvel de 7 e 30 dias dos países mais afetados na última semana, pela aceleração de casos e óbitos.

 

 

 

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

2 COMMENTS

  1. A propagação do vírus no Brasil é inevitável, visto q não fora dado APOIO ESTRUTURAL para q as pessoas ficassem em casa,querem q se construa uma casa sem cimento e tijolos?Pq negam a lógica?AUMENTO DE CASOS É MUITO BOM pois quanto mais casos mais próximo da realidade estaremos(ABAIXARIA mais ainda a tx de letalidade q é mortos x infectados)PQ NEGAM A CIÊNCIA?
    Obs:EM TRÊS MESES DE PANDEMIA E 1,5 MILHÃO DE DESEMPREGADOS NO BRASIL,ME PARECE Q TÁ POUCO PRA VCS,PRECISA MAIS !!!!
    Obs: Não se pára economias totalmente por causa de um vírus de letalidade de 1%,isso é fora da lógica,fora da ciência,fora da humanidade,fora do planejamento adequado,ainda mais visto.q esta PANDEMIA vem sendo anunciada desde 2015 e o mundo nada fez,TODOS estão no esquema!!
    ATENÇÃO:QUEM TOMOU A VÁ.CLINA DA GRIPE EM VÁRIOS PAÍSES ,DE CORONA É Q NÃO MORREU OU MORRERÁ!ENTENDERAM??

  2. VEM AÍ O VÍRUS PIG(ANIMAIS)E O VÍRUS FLASH(SE PROPAGA 6X MAIS RÁPIDO)FORA A SEGUNDA,TERCEIRA E QUARTA ONDA,NÃO VAI DAR PRA SAIR DE CASA TÃO CEDO,#FIQUEMEMCASAPRASEMPRESENAOMORREMAIQMEDOTOEMPANICO !!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Sair da versão mobile