Gilmar Mendes suspende julgamento sobre foro de Flávio Bolsonaro

Decisão foi tomada pelo ministro do STF na tarde deste sábado; corte fluminense analisaria foro do filho do presidente nesta segunda-feira

Ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF). Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

Jornal GGN – O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), suspendeu o julgamento que seria realizado pelo Tribunal de Justiça nesta segunda-feira, quando seria definido em qual instância o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) seria julgado pelo esquema das “rachadinhas”.

“Determino, com base no poder geral de cautela, até o julgamento de mérito da presente reclamação, que o Órgão especial do TJRJ se abstenha de adotar qualquer ato judicial que possa reformar o decidido pela 3ª Câmara Criminal Tribunal do TJRJ”, disse o ministro em sua decisão, segundo a CNN Brasil. O julgamento foi marcado pelo presidente do TJ-RJ, Claudio de Mello Tavares.

Os desembargadores decidiriam novamente se o caso de Flávio no esquema das rachadinhas deveria mesmo ser julgado no TJ. A 3ª Câmara Criminal do TJ já decidiu nesse sentido, e o Ministério Público do Rio, que havia perdido prazo para recorrer dessa decisão, apresentou uma reclamação ao STF que foi criticada por Gilmar Mendes.

“Para além da eventual perda de objeto desta reclamação, chama a atenção a estratégia adotada pelo MPRJ de utilizar vários remédios jurídicos para uma mesma finalidade, acionando múltiplas instâncias com o intuito de precipitar pronunciamento deste STF quanto à matéria de fundo”, diz o ministro do STF.

 

 

Leia Também
Wassef reaparece e Flávio quer suspender julgamento de foro no Rio
Órgão do TJ-RJ deve retardar julgamento de Flávio Bolsonaro nas “rachadinhas”
MP deve mirar loja de Flávio Bolsonaro em investigação
Defesa de Flávio Bolsonaro fez reuniões com a Receita para obter dados, diz colunista
Datafolha: 58% apontam Flávio Bolsonaro como culpado em esquema de rachadinhas
A rede de lavagem de dinheiro de Flávio Bolsonaro

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora