Governador do DF fecha Esplanada dos Ministérios

Medida busca coibir aglomerações e atos antidemocráticos; decreto foi publicado após retirada do acampamento de grupo pró-Bolsonaro

Foto: Reprodução/Wikipedia

Jornal GGN – O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), publicou um decreto que fecha a Esplanada dos Ministérios neste domingo (13/06), com o objetivo de coibir as aglomerações que tem ocorrido nas manifestações que acontecem na região, inclusive atos que vão contra a democracia.

Segundo informações do jornal Correio Braziliense, fica proibido o trânsito de veículos e de pedestres entre 0h e as 23h59 deste domingo, e o acesso aos prédios públicos federais só será permitido a autoridades identificadas e a servidores públicos federais que estejam em serviço.

Ao mesmo tempo, as manifestações na Esplanada dos Ministérios só poderão ocorrer quando comunicadas de forma antecipada e autorizadas pela Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal. O Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran) e o Departamento de Estradas e Rodagem (DER) farão a organização e fiscalização do trânsito, e os órgãos da Segurança Pública ficarão responsáveis pela fiscalização do local.

Tais medidas foram tomadas depois que apoiadores do presidente Jair Bolsonaro foram retirados da Esplanada, em operação coordenada pela Secretaria de Segurança Pública e o DF Legal – e um dos acampamentos desmontados era ligado ao movimento que se autodenomina “300 do Brasil”.

 

Leia Também
Autoritarismo furtivo, por André Singer
Militares, ciência e o estado laico no Brasil, por Roberto Romano 
Bolsonaro veta proibição de despejos e impede síndico de fechar áreas de lazer
A vida pregressa de Sergio Moro: saiba como ajudar o projeto do GGN

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

4 comentários

  1. A esplanada dos ministérios teve grupos anti-democráticos livres,leves e soltos até agora quando grupos pró-democracia começaram a se articular. Daí,o governador do DF,”democrata” de primeira hora,lembrou que não poderia haver aglomerações devido a pandemia da covid 19. Essa gente tem medo mas não tem vergonha.

  2. Bem conveniente. Quando as manifestações antidemocráticas estavam minguando e os acampamento chamado de “trezentos não sei o que” estava se tornando um problema para o governo, se proibe todas as manifestações. Impedindo assim as manifestações antifacistas que estavam começando a florescer.

  3. Nao sei não. Enquanto estes merdas pro bozo reinavam absolutos e faziam tudo que é cagada antidemocrática sob o olhar aprovador das “otoridades” constituidas estava tudo permitido.
    Bastou apontar a resistencia antinazifacista para fechar tudo.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome