Governo menospreza especialistas em óleo do Ibama

Profissionais que poderiam ajudar com caso de vazamento no litoral do Nordeste não foram acionados pelo Ministério do Meio Ambiente

Foto: Reprodução

Jornal GGN – O Ministério do Meio Ambiente (MMA) menosprezou a experiência de técnicos do Ibama e não convocou ninguém para ajudar com o caso de vazamento de óleo no Nordeste.

De acordo com o jornal Folha de São Paulo, os técnicos especializados em óleo do Ibama que se deslocaram para o Nordeste o fizeram por conta própria, a despeito da falta de convocação da entidade.

A atuação do Ibama para conter o vazamento de óleo no litoral nordestino tem se concentrado em agentes do setor de emergências ambientais do MMA, que trabalham em conjunto com a Agência Nacional do Petróleo (ANP) e a Marinha.

Porém, outros segmentos dentro da entidade poderiam lidar com o caso, como a área relacionada com licenciamento ambiental de exploração e produção de petróleo e gás (Cgmac), que possui experiência com técnicas e tecnologias usadas em planos de emergência contra vazamento de óleo, o que é uma exigência do Ibama durante o processo de licenciamento.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  STF segura decisão sobre incentivos fiscais a agrotóxicos há quatro anos, por Lauro Veiga Filho

1 comentário

  1. Não existe ministério do meio ambiente. Na realidade, nada que lembre um ministério faz parte deste (des)governo.
    Nao criem expectativas em relação a esta turma de arruaceiros abobalhados que se amontoam no executivo pois, como é sabido; “de onde nada se espera é que não vem nada mesmo”.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome