Guilherme Silva é mais uma vítima fatal da violência contra vidas negras

Jovem desaparecido em Diadema, na grande São Paulo, é encontrado morto. Policiais estariam envolvidos no caso

Foto: Arquivo/Ponte

Jornal GGN – Guilherme Silva Guedes, 15 anos, é mais um adolescente negro vítima da brutalidade da periferia de São Paulo. Sequestrado na madrugada de domingo, 14 de de junho, seu corpo foi encontrado pela família dia depois. A suspeita é que policiais tenham assinado o jovem. 

À Ponte jornalismo, um familiar da vítima contou que Guilherme estava em frente ao portão da casa de sua avô, na Vila Clara, em Diadema, cerca de 1h30 de domingo, quando dois homens armados o levaram. 

No lugar onde Guilherme foi visto pela última vez foi encontrado um pedaço de pano semelhante a farda utilizada pela corporação com a inscrição “SD PM Paulo”. A família só reconheceu o corpo do jovem nesta segunda no IML Sul.

A brutalidade causou revolta na população de Vila Clara. Ontem, protestantes fecharam ruas da região, colocaram fogo em cinco ônibus e depredaram viaturas policiais.

Nas redes sociais, a reação da PM foi exposta. Bomba de efeito moral e de gás lacrimogêneo foi jogadas contra os moradores, inclusive dentro de algumas casas. A guarda não exitou em agredir as pessoas que estavam na rua. 

Questionada sobre o homicídio de Guilherme, a Secretaria da Segurança Pública de São Paulo, afirmou que o DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa) comanda a investigação.

“A Polícia Militar também acompanha a apuração. Se comprovada participação policial, medidas cabíveis serão adotadas”, afirmou a pasta.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Embaixador dos EUA trabalha pesado por tarifa zero em etanol americano

1 comentário

  1. “Se comprovada participação policial, medidas cabíveis serão adotadas”, afirmou a pasta.
    Alguem pode citar alguma medida cabível aplicada em casos semelhantes? Ou até casos mais óbvios?

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome