Haddad: Impunidade dos Bolsonaro indica democracia “corroída miseravelmente”

Para o professor, “o clã Bolsonaro não descobriu o mapa da mina; antes, transformou gabinetes parlamentares na própria mina”

Foto: Reprodução/Instagram

Jornal GGN – O professor e ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, aponta para o esquema corrupto do clã Bolsonaro, por meio das ‘rachadinhas’, em sua coluna deste sábado, 10, na Folha de São Paulo. “A corrupção pode ter salvado momentaneamente a democracia”, satirizou. “Refiro-me aos filhos de Bolsonaro”, completou.  

“A quantidade de evidências que as autoridades policiais reuniram sobre o esquema das rachadinhas —palavra branda para peculato e lavagem de dinheiro— faz crer que foi o ocupante do Planalto que sentiu o golpe e busca, circunstancialmente, uma conciliação com o Congresso e o STF”, analisou Haddad. 

Para o professor, “o clã Bolsonaro não descobriu o mapa da mina; antes, transformou gabinetes parlamentares na própria mina”, por meio de esquema de peculato e lavagem de dinheiro.

“A operação para blindar os meninos segue o seu curso. Enquanto isso, a sensação é a de que vivemos em ‘plena’ democracia ao tempo em que a República é corroída miseravelmente, em clima de harmonia entre os Poderes”, lembrou Haddad. 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Argentina volta a discutir legalização do aborto

2 comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome