Harvey Weinstein é condenado a 25 anos de prisão por estupro

Júri levou cinco dias para chegar a veredicto sobre caso; decisão é vitória para o movimento #MeToo

O produtor norte-americano Harvey Weinstein, condenado a 25 anos de prisão por estupro. Foto: Reprodução

Jornal GGN – O produtor norte-americano Harvey Weinstein foi considerado culpado por estupro nesta segunda-feira (24/02). O júri, composto por sete homens e cinco mulheres, levou cinco dias para chegar a um veredicto sobre as acusações.

De acordo com o jornal O Globo, Weinstein, de 67 anos, foi condenado por atacar sexualmente a ex-assistente de produção Mimi Haleyi em 2006 e por estuprar a atriz Jessica Mann em 2013. Ele enfrentará até 25 anos de prisão.

Contudo, o produtor – que chegou a ser considerado um dos homens mais poderosos de Hollywood – foi inocentado da acusação mais grave, de comportamento sexual predatório, e poderia implicar em uma prisão perpétua.

Weinstein também enfrenta acusações de agressão sexual na Califórnia, que foram divulgadas após o início do julgamento por estupro em Nova York, e dezenas de mulheres entraram com ações civis contra o produtor.

A decisão é uma vitória para o movimento #MeToo, que revelou diversas denúncias de assédio sexual dentro da indústria do entretenimento.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Cônsul da China, em carta aberta, questiona Eduardo Bolsonaro por tuítes ofensivos

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome