Herdeiros de Dona Marisa Letícia intimam Eduardo Bolsonaro

Filho do presidente Jair Bolsonaro tem 15 dias para apresentar defesa após publicação relacionada a patrimônio da ex-primeira dama

Eduardo Bolsonaro tem 15 dias para apresentar defesa - Foto: Reprodução/Sérgio Lima/Poder360

Jornal GGN – O deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) tem 15 dias para apresentar sua defesa em ação na qual é processado pelos herdeiros da ex-primeira dama Marisa Letícia Lula da Silva.

Segundo a jornalista Monica Bergamo, do jornal Folha de São Paulo, a família do ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva (PT-SP) processa o filho do presidente Jair Bolsonaro depois de uma publicação nas redes sociais, onde Eduardo afirmava que dona Marisa Letícia detinha um patrimônio de R$ 256 milhões, quando os herdeiros afirmam que o valor verdadeiro é de R$ 26 mil. A Secretária de Cultura do governo federal, Regina Duarte, também é processada.

A confusão a respeito das cifras financeiras ocorreu depois que o juiz confundiu os valores que dona Marisa Letícia tinha aplicado em CDBs com os debêntures de outra natureza. Antes mesmo do esclarecimento, as redes bolsonaristas divulgaram o valor errado.

De acordo com nota divulgada no site oficial do ex-presidente, os herdeiros de Dona Marisa Letícia pedem reparação de R$ 131.408,70 de cada um dos propagadores de fake news, além da publicação nas redes sociais da sentença com o valor correto do investimento de Dona Marisa.

O valor equivale a 5 vezes o que Dona Marisa realmente tinha em CDBs e 2 mil vezes menos do que o valor falsamente divulgado por Regina Duarte e Eduardo Bolsonaro.

 

Leia Também
Da malignidade de Sérgio Moro, as manipulações hediondas da Globo e o futuro do Brasil, por Eduardo Ramos
STF autoriza que julgamento de Lula seja cancelado

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  É ilusão achar que a cruzada da extrema-direita é restrita a um partido, diz Manuela D'Ávila

4 comentários

  1. Sao mesmo uns safados, uns canalhas. Infelizmente, com tanto a se fazer no Brasil ficamos perdendo tempo e energia com estes farsantes.

    • Entre o tanto que há a fazer no Brasil, as ações para expulsar a turma de Bolsonaro do poder são prioritárias, bem como trabalhar para que as instituições voltem a funcionar democraticamente. Nenhuma ação nesse sentido é perda de tempo.

      Não é normal que essa turma de delinquentes da coisa pública, milicianos e oportunistas tenha alcançado o poder. Não dá para naturalizar o absurdo.

  2. Bobagem. Vai dar em nada. Deviam é punir o juizeco de São Bernardo que fez a besteira e publicou no site do TJSP. O deputadinho e a namoradinha do Brasil só repercutiram uma informação oficial e irresponsável pra tirar uma onda política. Entre em consulta processo 1010986-60.2017.8.26.0564 para ver a informação equivocada do e as alterações posteriores (fechadas) como se nada tivesse acontecido. Nosso Judiciário é uma vergonha; STF à frente.

  3. Não vai dar em nada. Eles vão alegar que a publicação foi com dados divulgados pela justiça e vai ficar por isso msm. Vamos ter que conviver com alguém sempre dizendo que Dona Mariza tinha milhões em aplicações.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome