Home Editoria Luis Nassif Online Impeachment de Witzel começa nesta quarta na Assembleia do Rio

Impeachment de Witzel começa nesta quarta na Assembleia do Rio

Impeachment de Witzel começa nesta quarta na Assembleia do Rio
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Jornal GGN – O governador do Rio de Janeiro Wilson Witzel assistirá, nesta quarta (23), ao início da votação do processo de impeachment pela Assembleia Legislativa do Estado, a Alerj. A discussão começa a partir das 15h.

A tendência é de que a maioria da Assembleia vote pela formação de uma comissão mista para processar Witzel pelo crime de responsabilidade. O governador está no centro de investigações sobre desvios de recursos da Saúde, em um esquema que envolve empresários supostamente favorecidos em contratações milionárias.

Para abrir o impeachment, a Alerj precisa de 47 de um total de 70 votos. Se aprovada, a denúncia será encaminhada ao Tribunal de Justiça do Rio. Cinco desembargadores sorteados se juntarão a cinco deputados eleitos para discutir a cassação do mandato, no prazo de até 180 dias. O presidente do TJ conduzirá o processo.

Antes da votação nominal, a defesa de Witzel deve se apresentar. Porém, até na visão de deputados aliados, o governador não conseguirá mudar o cenário desfavorável a ele.

“A expectativa é de ampla margem pelo impeachment. A defesa não tem muito o que acrescentar. O que vimos com as últimas revelações foi uma aliança político-empresarial corrupta que tramou a candidatura para roubar. O governo que assumiu não tinha rumo. Foi uma renovação para pior. Temos que botar pra fora”, disse o deputado Luiz Paulo (PSDB) ao jornal O Globo.

“Acredito na honra do governador, mas, a meu ver, ele foi usado. Não foi falta de aviso, alertamos que as coisas não iam bem”, disse o aliado Dionísio Lins (PP).

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Sair da versão mobile