Indígenas são “os primeiros a serem atacados” por Bolsonaro, diz Sonia Guajajara

"Estamos na linha de frente como os primeiros a serem atacados, porque o projeto do governo é de crescimento econômico com base em destruição", comentou

Jornal GGN – Sonia Guajajara conta em entrevista publicada no canal Tese Onze, na quarta (16), o que está em jogo com Jair Bolsonaro no governo federal. “São tempos perigosos esses que estamos vivendo”, alerta.

Segundo Sonia, já é possível notar uma série de retrocessos para os povos indígenas. Os conflitos em zonas rurais, por exemplo, aumentaram significativamente desde o início do ano, por conta do discurso de ódio e das afirmações de Bolsonaro, que defende a violência contra “invasões” de terras.

“Estamos na linha de frente como os primeiros a serem atacados, porque o projeto do governo é de crescimento econômico com base em destruição”, comentou.

“Eles querem tirar a gente da frente. Para isso tudo vale. Tudo tem um sentido, que é paralisar a demarcação das terras ou rever as terras já demarcadas, para atingir num tiro certeiro a nossa identidade.”

O Tese Onze é um canal no Youtube sob a tutela de Sabrina Fernandes, economista e doutora em Sociologia pela Carleton University, do Canadá.

Leia também:  MPF consegue manter transporte rural acessível aos alunos com deficiência

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome