Jair Renan também começa a aproveitar poder obtido pelo pai

O filho 04 consegue reunião no Ministério do Desenvolvimento Regional para produtora de granito e mármore que patrocina sua empresa

(esq.p/dir): Eduardo Bolsonaro, Jair Renan Bolsonaro, Jair Bolsonaro, Carlos Bolsonaro e Flávio Bolsonaro. Foto: Reprodução

Jornal GGN – Recentemente, o quarto filho do presidente Jair Bolsonaro decidiu usar os poderes obtidos pelo pai para seus próprios interesses: Jair Renan, o Zero Quatro, obteve uma reunião dos donos de uma produtora de granito e mármore no Ministério do Desenvolvimento.

Segundo a revista Veja, os empresários que se reuniram com o ministro Rogério Marinho eram os patrocinadores de uma empresa de eventos e mídia fundada pelo filho do presidente Jair Bolsonaro.  Na ocasião, os representantes da empresa apresentaram um projeto de casas populares.

Essa não foi a primeira vez que Zero Quatro fez uma incursão no governo. Em agosto, ele se encontrou com o secretário de Cultura, Mário Frias, para discutir a possibilidade de uma parceria para a promoção de competições de jogos eletrônicos.

Além disso, não é necessariamente inédito que a família Bolsonaro use a estrutura de poder do governo em seu favor – uma vez, o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos) acionou o Gabinete de Segurança Institucional e a Agência Brasileira de Inteligência para obter provas que anulassem as investigações sobre as rachadinhas na Assembleia Legislativa do Rio, como lembra o jornalista Bruno Boghossian em sua coluna no jornal Folha de São Paulo.

 

Leia Também
Fernando Haddad vê deslocamento do eleitor para a direita
O plano B de Bolsonaro para obter presidência da Câmara
Governo Bolsonaro ataca programas de saúde mental

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

1 comentário

  1. Lembra muito aquelas familias que tomavam conta de republiquetas africanas.
    Absorção das estruturas do poder, que sempre acabou em insurreições sangrentas e com o povo na merda.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome