Joice muda CPI das Fake News e investigações devem focar no clã Bolsonaro

Com bolsonaristas em minoria no colegiado, parlamentares devem aprovar o mais rápido possível a prorrogação dos trabalhos da Comissão por mais seis meses

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

Jornal GGN – A deputada Joice Hasselmann (PSL-SP) assumiu a liderança do PSL na Câmara dos Deputados e logo fez mudanças na CPI das Fake News, substituindo apoiadores de Bolsonaro por “bivaristas”. Com os bolsonaristas em minoria no colegiado, parlamentares devem aprovar nesta quarta-feira, 11 de março, a prorrogação dos trabalhos da Comissão por mais seis meses. 

Se aprovada a prorrogação, quebras de sigilos envolvendo sites e empresas devem evidenciar, ainda mais, a ligação dos filhos de Bolsonaro com a propagação de notícias falsas que tomaram as redes durante a campanha eleitoral 2018 e fez de Bolsonaro presidente. As informações são de Luciana Lima, no Metrópoles. 

Na Comissão, os deputados Caroline de Toni (PSL-SC) e Filipe Barros (PSL-PR), que eram membros titulares, foram substituídos por Júnior Bozzella (PSL-SP) e Nereu Crispim (PASL-RS). Já os suplentes Carla Zambelli (PSL-SP) e Carlos Jordy (PSL-RJ), foram substituídos pelo Delegado Waldir (PSL-GO) e Heitor Freire (PSL-CE). 

Os novos membros são aliados de Luciano Bivar (PSL-PE), presidente do partido que desfez a aliança com Bolsonaro (sem partido). Até semana passada, Eduardo Bolsonaro (PSL-RJ) era líder do partido na Câmara, mas aliados de Bivar conseguiram recolher assinaturas para Joice Hasselmann assumir a posição.

A CPI das Fake News já chegou ouvir depoimentos da própria Joice e do deputado Alexandre Frota (PSDB-SP), apoiadores de Bolsonaro nas eleições e que, depois, acusaram o mandatário pelo esquema ilegal de disparo de mensagens falsas.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  "A pedido", Bolsonaro remove senador do "dinheiro na cueca" da vice-liderança do governo

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome