Lava Jato Curitiba continua controlando multas recebidas de empresas

É mais um capítulo na apropriação pela Lava Jato de Curitiba das atribuições dos órgãos superiores do Ministério Público federal.

É exagerada a defesa que as Organizações Globo fazem da Lava Jato Curitiba – menciono assim, para diferenciar de outras Lava Jatos mais sérias.

Em uma das matéria se viu a extraordinária benevolência dos curitibanos, de direcionar parte dos recursos das multas aplicadas para o combate ao Covid-19. A revelação é surpreendente. Mostra que mantêm o controle de multas por procuradores regionais. E fazem caridade com o dinheiro alheio, depois de pretenderem se apossar de R$ 2,5 bilhões da Petrobras.

É mais um capítulo na apropriação pela Lava Jato de Curitiba das atribuições dos órgãos superiores do Ministério Público federal.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Manchetes dos jornais da Europa

2 comentários

  1. A Globo vai investir na promoção da Farsa Jato e do Sergio Moro, visando às eleições de 2022, buscando eleger o seu preposto. É descarada sua atuação em promover “heróis”, a fim de ser financeiramente aquinhoada com grandes verbas no futuro… “business is business”… lembram do “caçador de marajás” e outros mitos criados pela “poderosa” ? Sempre mais do mesmo…

  2. CÓDIGO PENAL BRASILEIRO – ART 91 – breve síntese

    Os valores, bens e produto auferidos pelo crime são da União ou dos Estados

    Portanto, a Lava Jato de Curitiba não tem o direito de livremente dispor deles (valores, bens e produto)

    Assim, o CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA, através de sua CORREGEDORIA, instaurou procedimento para que a juíza Gabriela Hardt preste informações documentadas concernentes a destinação de valores decorrentes de processos no Juízo Federal da 13 Vara de Curitiba

    https://www.conjur.com.br/dl/cnj-providencias-juiza-verba-combate.pdf

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome