Lewandowski: o voto de um Ministro que respeita a Constituição

report

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Xadrez para entender o ato de Toffoli requisitando os dados do COAF, por Luis Nassif

5 comentários

  1. Lewandowski afirmou o óbvio: o fato da mulher ter um gato não significa que ela mereça ser queimada antes do trânsito em julgado da absolvição. Ele rejeitou no plenário do STF a lógica de Bernardo Gui empregada por Fux ao votar lambendo as bolas do tirano Jair Bolsonaro. https://t.co/JcAbAXnWPQ

    4
    2
  2. Se de quem menos se espera não sai nada mesmo, de quem se espera tem que sair. Eu esperava do Leva. E também da Rosa. Apesar de não concordar com ela no voto do HC que podia ter libertado Lula, pela gravidade de ter mantido preso injustamente um inocente, na interpretação fria ela votou com lógica ao seguir a Lei vigente, mesmo contra suas convicções. Agora deixou claro que está comprometida com a restauração. E contra o clamor dos que perderam a fé, deixo registrado um pitaco de crença superior a da velhinha de Taubaté: O resultado será de 7 a 4, uhu ! aha! Carmen Lúcia é nossa !

  3. Isso é que é democracia (?)… se fala o que quero ouvir, respeito, é defensor da Constituição. Se fala o que não gosto, é golpista, fascista, nazista, e todos os outros “istas” que puderem ser atribuídos. Não temos uma suprema corte independente, não temos um órgão que interprete e preencha as lacunas da Carta Magna. Como esperar algo de um tribunal sem juízes? Lamento tudo isso.

  4. Parece que TODOS esquecem que desde sua criação em 1988, até 2016, a CF e a lei de TRÂNSITO EM JULGADO prevaleceu (por 28 ANOS) até que foi então “modificada”, como se Judiciário fosse Legislativo.
    Os bozopatas e quetais com sua típica “inguinoranssa” espalham revoltados que o STF “não pode legislar” para alterar a 2a. instância. É verdade, mas não sabem que o que está em discussão é exatamente anular a “legislada judicial” de 2016.
    Armação casuística (e vergonhosa) para poder prender e tentar anular o maior “monstro político” (para eles) que lhes apareceu no país…mas não conseguem neutralizá-lo nem preso dentro de uma sala da PF da república de Curitiba.
    Passadas as eleições, tendo como resultado este desastre ferroviário eleito presidente, agora estão (talvez) “reconsiderando”.
    Vivemos num país onde juízes (?) desrespeitam a lei…
    Publicamente!

  5. Se liga num roto apontando seu dedo imundo para mal lavados: O Dallagbosta, com a bunda mais baixa do que poleiro de pato na vitrine juridico-institucional, querendo cagar razão pra cima do $TF, vaticinando o fim da corrupcao, como se ela alguma vez tivesse deixado de existir
    Ah, vai pro inferno bando de babaca
    Eu amo vocês e vou remeter ovos de Páscoa recheados de…

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome