LIÇÃO DE VIDA

Caiu? Levante e se recupere!

 

1)- Nunca se desespere antes.

2)- Nunca comemore antes.

3)- Nunca abandone o seu posto antes do final da batalha.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

1 comentário

  1. O Poder do Agora
    O Poder do Agora,
    Eckhart Tolle

    Sextante, 2002

    “Toda a negatividade é causada pelo acúmulo de tempo psicológico e pela negação do presente.

    O desconforto, a ansiedade, a tensão, o estresse, a preocupação, todas essas formas de medo são causadas por excesso de futuro e pouca presença.

    A culpa, o arrependimento, o ressentimento, a injustiça, a tristeza, a amargura, todas as formas de incapacidade de perdão são causadas por excesso do passado e pouca presença.

    Muitos acham difícil acreditar na possibilidade de existir um estado de consciência absolutamente livre de toda a negatividade.

    E até o momento, esse é o estado de liberdade para o qual apontam todos os ensinamentos espirituais.

    É a promessa da salvação, não em um futuro ilusório, mas bem aqui e agora.

    Talvez seja difícil reconhecer que o tempo é a causa do nosso sofrimento ou de nossos problemas.

    Acreditamos que eles são causados por situações específicas em nossas vidas, e, de um ponto de vista convencional, isso é uma verdade.

    Mas enquanto não lidarmos com a disfunção básica da mente – o apego ao passado e ao futuro e a negação do presente –, os problemas apenas mudam de figura.

    Se todos os nossos problemas, ou causas identificadas de sofrimento ou infelicidade, fossem milagrosamente solucionados no dia de hoje, sem que nos tornássemos mais presentes e mais
    conscientes, logo nos veríamos com um outro conjunto de problemas ou causas de sofrimento semelhantes, como uma sombra que nos seguisse aonde quer que fôssemos.

    Em última análise, o único problema é a própria mente limitada pelo tempo.”

    “Todo ser humano é responsável pelo mal que pratica, mas também pelo bem que deixa de fazer .”

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome