Lula e filho são indiciados pela PF e defesa alerta para novo “lawfare”

A juíza da 4.ª Vara Criminal de São Paulo, seguindo orientação do Supremo Tribunal Federal, remeteu a denúncia para uma vara especializada em lavagem de dinheiro no Estado

Jornal GGN – A Polícia Federal indiciou o ex-presidente Lula e seu filho, Luís Cláudio, por supostos crimes de lavagem de dinheiro e tráfico de influência. A denúncia é baseada em delação da Odebrecht e envolve a empresa de marketing esportivo Touchdown. Segundo a defesa de Lula, a PF encampa mais um caso de “lawfare” – uso de meios jurídicos para perseguição política – a exemplo do que é produzido contra o petista pelos procuradores da Lava Jato em Curitiba.

Segundo informações do Estadão desta quarta (20), a juíza da 4.ª Vara Criminal de São Paulo, Bárbara de Lima Issepi, seguindo orientação do Supremo Tribunal Federal, remeteu a denúncia para uma vara especializada em lavagem de dinheiro no Estado. O STF já julgou que delações de empresas ligadas à Lava Jato que não têm conexão com a Petrobras não devem ser enviadas para Curitiba.

Os delatores da Odebrecht disseram à PF que “Lula teria mantido contato com a empreiteira para beneficiá-la no governo Dilma Rousseff, e, ‘como contrapartida, a empresa ficaria responsável por financiar projetos pessoais de seu filho, Luis Cláudio'”, anotou o Estadão.

“Consta nos autos que ‘a partir disso, Alexandrino Alencar (Odebrecht) teria procurado a empresa ‘Concept’, com o intuito de beneficiar a empresa de Luis Claudio, Touchdown, a desenvolver o futebol americano no Brasil’. ‘Adalberto Alves, representante da Concept, por sua vez, afirmou que a empresa foi principalmente remunerada pela Odebrecht, contudo prestou serviços para a empresa Touchdown: segundo consta, a Odebrecht teria arcado com valor aproximado de R$ 2 milhões, ao passo que a Touchdown teria desembolsado aproximadamente R$ 120 mil'”.

Leia também:  Moro "canalha", Bolsonaro "governa para milicianos": Lula de volta ao ringue

O processo está sob o número 0008633-66.2017.4.03.6181

OUTRO LADO

Leia, abaixo, a nota da defesa de Lula e Luís Cláudio:

O relatório produzido pela autoridade policial não tem qualquer implicação processual e muito menos afasta a garantia constitucional da presunção de inocência em favor do ex-Presidente Lula e de seu filho Luis Claudio.

Trata-se de mero documento opinativo, com enorme fragilidade jurídica e distanciamento da realidade dos fatos, que dá sequencia ao “lawfare” praticado contra Lula e seus familiares.

Lula jamais solicitou ou recebeu, para si ou para terceiros, qualquer valor da Odebrecht ou de outra empresa a pretexto de influir em ato da ex-Presidente Dilma Rousseff ou de qualquer outro agente público. Tampouco teve qualquer atuação nas atividades da TOUCHDOWN, empresa de titularidade de seu filho Luis Claudio que organizava um campeonato nacional de futebol americano.

Luis Claudio, por seu turno, comprovou serem mentirosas as afirmações de delatores da Odebrecht. A empreiteira jamais suportou os custos de fornecedores da TOUCHDOWN. Especificamente no caso do grupo CONCEPT, referido por tais delatores, Luis Claudio apresentou o contrato de prestação de serviços firmado com a TOUCHDOWN e comprovou ter feito todos os pagamentos dos honorários contratados e das despesas incorridas durante a prestação dos serviços.

Espera-se que o Ministério Público Federal de São Paulo, a quem cabe a análise do material, siga a lei e encerre o caso em relação ao ex-Presidente Lula e a Luis Cláudio, tendo em vista que eles não praticaram qualquer ato ilícito.

10 comentários

  1. é a PF do serviçal da CIA, que frustrado por que os Bolsonaros e seu guru os tem tornado um pequeno superMINIstro, quer descontar no ex-presidente. E agora que o programa “mãos limpas – mais mortes” está sendo bloqueado na câmara federal, o jogo tende a ficar mais baixo nível

  2. Sem dúvida alguma, é mais uma tentativa de desviar atenção para a estranha ligação entre Bolsonaro e seus filhos, principalmente o Flávio Bolsonaro, com as milícias do Rio de Janeiro. A ligação destes com os milicianos é estreita demais, haja vista a confortável e providencial vizinhança entre o atual presidente e um “capo” das milícias, investigado, e futuramente indiciado, como assassino de Marielle.

  3. Novas tentativas de criação de “causos” que envolvam Lula, sua familia, etc, enquanto ilícitos comprovados são “esquecidos” ou acobertados.
    Mas, pelo que posso sentir, os recentes escândalos ligados a “nova” (rs) politica dos moralistas sem moral, apontam para a descoberta de casos graves envolvendo os grupos intimamente ligados e que foram artífices da farsa do impeachment e da prisao sem provas de Lula

  4. Alguém já ouviu falar de indiciamento contra a filha de Aécio Neves, a qual tem contas em paraísos fiscais? Não? Nem eu. E Michelzinho Temer, milionário desde os sete anos? Já foi recolhido à Fundação Casa?

  5. Uma perseguição inominável. Os perseguidores caçaram todos os amigos, familiares e se valeram de todos os delatores torturados. Agora jogaram os restos para outras varas. E parece que existem bocas ávidas. Mas tudo que agora ocorre vai aumentar até o julgamento do supremo. Que a meu ver vai se submeter e não vai respeitar a presunção da inocência. O mais dramático é que nenhuma das acusações tem qualquer justificativa fática legal ou ética. E todos os doutos membros do judiciário sabem disto. Até leilão de imoveis de terceiros ( vide triplex e sitio) e bloqueio de bens de conjuge são usados nesta cruzada, que pretende ser paga pela famosa fundação e pelos 2.5 bilhões. Daqui até abril veremos mais e mais absurdos, que vão com a parceria da imprensa continuar.

  6. O presidente Lula é sempre utilizado para lembrar a zumbizada da palavra de ordem que é manter a situação como está nas mão do “menos pior”.
    Isso tem funcionado. Só não sabemos até quando.

  7. Já está ficando sem graça.
    O Bozo tá caindo;
    Alguns bolsominios já tá acordando;
    Há críticas contra esse desgoverno até no exterior….

  8. “seguindo orientação do Supremo Tribunal Federal”
    Supremo Tribunal Federal pode ser apenas um edifício…
    Quem? A totalidade dos Juizes? Pelo “menas” alguma maioria?
    Fundamental dar nomes aos bois!

  9. É bom fazer constar que o Chefão da Odebrecht no seu depoimento disse que Lula apenas pediu indicação de uma empresa que pudesse alavancar o projeto de seu filho e que contra partida Lula iria dar uns conselhos ao Marcelo Odebrecht por rumores que o pai de Marcelo estava ouvindo.isso está no depoimento do Emílio.

  10. Sempre surgem cortinas de fumaça para abafar denúncias contra Bozo e seus filhos, no caso Marielle, contra os Procuradores da Lava Jato no caso 2 bilhões e meio e ataques ao STF. Sempre que se sentem ameaçados sacam Pallocci com sua delação mentirosa ou novo indiciamento de Lula, ou até prisão tardia de Temer

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome