Lula e os ataques no Rio

Por Ramon

Do UOL

Lula diz que Governo fará o necessário para impedir ataques no Rio

Rio de Janeiro, 23 nov (EFE).- O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta terça-feira que seu Governo fará o que for necessário para impedir os ataques de criminosos que desde sábado vêm provocando pânico no Rio de Janeiro.

“Nós faremos o necessário para que as pessoas de bem derrotem aqueles que querem viver na marginalidade”, afirmou o chefe de Estado ao ser questionado por jornalistas sobre o pedido do governo do Rio de Janeiro para que policiais rodoviários federais reforcem a vigilância nas vias de acesso à cidade.

RiodRio de Janeiro, que será uma das subsedes da Copa do Mundo de 2014 e sede dos Jogos Olímpicos de 2016, registrou desde sábado ao menos nove ataques de criminosos em importantes vias públicas, que no geral terminaram com tiroteios e veículos incendiados.

Lula disse que o governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, pediu em uma conversa por telefone nesta terça-feira que policiais federais reforcem a vigilância das vias de acesso a segunda maior cidade brasileira para combater aos pistoleiros que vêm protagonizando os ataques.

Depois da solicitação, Lula pediu ao ministro da Justiça (Luiz Paulo Barreto) que atenda ao pedido do Rio de Janeiro.

As autoridades do Rio de Janeiro responderam nesta terça-feira aos ataques com operações em 17 favelas, nas quais um suposto criminoso morreu e outros oito foram detidos.

As operações foram realizadas de forma simultânea em diferentes bairros localizados na zona norte da cidade e nas quais atuam organizações de narcotraficantes. 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Vacinação obrigatória será julgada no Supremo em ação de repercussão geral

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome