Lula pede que STF retome suspeição de Moro antes que Marco Aurélio se aposente

Juristas temem que Fux protele a conclusão do encerramento do julgamento, dando margem para que os processos de Lula evoluam na primeira instância

Foto: Reprodução

O GGN PRECISA DE VOCÊ PARA CONTINUAR PRODUZINDO
INFORMAÇÃO E ANÁLISE CRÍTICA E INDEPENDENTE. CLIQUE AQUI E APOIE

Jornal GGN – A defesa do ex-presidente Lula enviou uma petição ao Supremo Tribunal Federal requerendo que o presidente da Corte, Luiz Fux, coloque novamente em pauta o julgamento da suspeição de Sergio Moro, para ser concluído.

A maioria do plenário do STF – já são sete votos – declarou Moro suspeito, mas o julgamento não foi encerrado porque o ministro Marco Aurélio Mello, lavajatista e defensor da honra de Moro, pediu vistas do processo. Ele devolveu o caso em abril passado, mas Fux ainda não marcou a retomada do julgamento.

Segundo a jornalista Monica Bergamo, juristas estariam com receito de que Fux protele o desfecho desfavorável a Moro, permitindo que as ações contra Lula que saíram de Curitiba e foram enviadas a outros tribunais possam prosperar na primeira instância.

Marco Aurélio deve se aposentar em 5 de julho e, depois disso, Jair Bolsonaro poderá indicar um substituto. O ponto central não é o mérito do voto, pois a suspeição de Moro já está dada, mas a publicação da sentença final e a aplicação de seus efeitos nos processos contra Lula.

Por decisão de Edson Fachin, relator da Lava Jato, já ratificada por seus colegas no STF, as condenações e processos de Lula na Lava Jato em Curitiba estão anuladas, mas podem recomeçar do zero em outras cidades. A defesa luta para que a suspeição de Moro seja confirmada e que seus efeitos sejam estendidos do caso triplex para as outras três ações penais.

Vídeo recomendado:

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

1 comentário

  1. Que absurdo! Cidadão ter que mendigar por justiça pq o Tribunal continua fazendo política. Inacreditável! MAM, qdo pediu vista, sabia que Fux ia embromar o qto pudesse pra pautar essa suspeição. Muito do que vivemos, hoje, decorre dessa politicagem rasteira da Corte e, principalmente de sua submissão ao MPF. Pelo jeito, ainda vamos seguir nessa toada por muito tempo. Fux tá esperando o terrivelmente evangélico pra pautar a suspeição. esperamos, sinceramente que seja só isso, pq de milicianos podemos e devemos esperar qq coisa.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome