LUTE PELA DEMOCRACIA, APRENDA A FAZER CARTAZ E EDITAR VÍDEO PARA WHATSAPP

O WhatsApp foi o vilão nas eleições. Comentei isso aqui no GGN, bem antes de o escândalo estourar, nesse texto publicado em 07/08/2018 (ai, com um errinho de português, relevem) https://jornalggn.com.br/blog/zegomes/que-tal-nos-mexer-por-zegomes

Nós, analfabetos informáticos, quando ousamos alguma coisa na informática, trememos de medo de errar. Lógico. Tudo no computador, se damos algum passo errado, pode dar uma zebra, acontecer um trem e estamos perdidos. Ultimamente aprendi uma coisa preciosa –tenho consciência de que fui um dos últimos a aprender isso, de que estou descobrindo a roda, mas podem existir muitos retardatários que ainda não sabem: Se aparece alguma dúvida de como fazer algo, joga-se no Google ou no Youtube a pergunta: “Como fazer para…”. É batata. Sempre aparecem dezenas de pessoas ensinando. Alguns ruinzinhos de explicação, outros ótimos.

Com todas as dificuldades, porém, você, mesmo analfabeto que nem eu, deve aprender algumas coisas que lhe permitam participar da luta pela democracia. Vimos que o poder econômico da direita está entrando pesado nas redes sociais, financiando produção de conteúdos e disparos para milhares de usuários receptores, o que fez a eleição de 2018 pender para um lado, o lado dos que apoiam a tortura.

As campanhas contra a “Esquerda”, entretanto, não acabaram após a eleição. Continuam. Há muito dinheiro e competência envolvidos.

Nós não temos dinheiro, mas somos muitos. Se cada brasileiro democrata arregaçar as mangas, aprender o mínimo que seja para participar da luta democrática, nós podemos criar polos por todo o Brasil de produção de conteúdos. Se os partidos de esquerda ajudarem, podem formar centrais de WhatsApp, nos modelos que o PT ensaiou, já quase no final da eleição, de formar grupos de WhatsApp que compartilhavam mensagens eleitorais em cada Estado. Isso pode ser um contraponto valioso para as máquinas de produção e financiamento em massa de Fake News que vimos acontecer.

Gostaria de compartilhar o pouco que aprendi para esta campanha eleitoral.

COMO FAZER UM CARTAZ PARA LANÇAR NO WHATSAPP   

1º passo: Você tem de baixar um aplicativo que lhe permita fazer o cartaz no próprio celular. Há diversos gratuitos. Eu baixei o Poster Maker. Escreva no Google do seu celular: “download do Poster Maker” e então vá seguindo os passos para a instalação. Uma vez instalado o ícone (a figurinha) do Poster Maker aparecerá na sua tela.

2º passo: Vá no YouTube (no seu celular mesmo ou no computador de mesa) para tomar umas aulas de como usar o Poster Maker. Veja especialmente o vídeo desse primeiro link: Neste vídeo a moça diz que o Poster Maker é em inglês, mas a versão que eu baixei é em português mesmo. Ela explica como usar o aplicativo   https://www.youtube.com/watch?v=7e-kLlq8uI0

Este outro vídeo é de um falante em espanhol, mas dá para acompanhar pelas imagens: https://www.youtube.com/watch?v=Ac323PdP-KE

Uma vez aprendido como se usa o aplicativo, vamos fazer um cartaz do Presidente Lula para enviarmos pelo WhatsApp? Com a seguinte frase: PAREM A PERSEGUIÇÃO.  LULA LIVRE.

3º passo: Bem, vamos precisar de foto do Presidente Lula. Para qualquer criança alfabetizada na informática isso é moleza. Mas, para nós analfabetos é um problemão. Demorei prá descobrir. É assim:

Vá no Google e escreva “Lula fotos”. Vão aparecer algumas fotos do Lula. Ali onde você vê:  Todas  Notícias   Imagens  Clique em “imagens”. Aparecerão centenas de fotos do Presidente. Se quiser um tipo de foto específica pode escrever “Lula abraçando”, “Lula beijando”, “Lula e Mandela”, etc.

Escolha a foto que você quer. Toque o dedo nela, ela cresce, fica grande. Agora encoste o dedo nela de novo e aperte, sem retirar o dedo. Aparece a mensagem “fazer download da imagem”, toque nessa mensagem. Pronto. A foto que você precisa já está em seu celular.

 4º passo: Toque no ícone do Poster Maker na tela do seu celular para abri-lo. Toque em “criar”. Aparece a tela para você escolher o “Fundo”. Tem centenas de escolhas. Alguns são pagos outros são grátis. Neste caso eu toquei em “texture” e escolhi (toquei com o dedo) um fundo vermelho. De imediato ele manda você escolher o tamanho. Escolha 1:1 que é o mais apropriado para um cartaz de WhatsApp. Aí aparece uma tela já com o fundo vermelho sobre o qual faremos nosso cartaz. Nessa tela aparecem também 4 pequenos ícones. Fique de olho só no ícone “T”, que quer dizer “texto”. Deixe os outros ícones para os “experts” que nós não somos.

5º passo: Antes de apertarmos no “T” para escrevermos o texto (ou textos) que queremos, convém que já coloquemos a foto (ou fotos) que escolhemos para o cartaz. Faça assim: dê um toque no fundo –nesse caso o fundo vermelho 1:1 que escolhemos antes-. De imediato, surge a opção “imagem”. Clique nela. Aparecem as imagens que você fez download antes. Nesse caso, escolhi aquela linda foto do Presidente Lula abraçando a velhinha. Após tocar na foto ela vai para o cartaz. Você pode simplesmente arrastá-la com o dedo para qualquer lugar do cartaz que você queira. Pode também aumentar ou diminuir seu tamanho, entortar ou colocar reta, bastando para isso tocar na setinha de dupla ponta que fica em um dos cantos da foto.

6º passo: O texto.   Ao tocar no “T” aparece uma telinha dando algumas explicações. Toque fora dela para ela desaparecer. Aí fica a frase “DUPLO TAP PARA EDITAR TEXTO”, que quer dizer apenas que você vai clicar duas vezes no cartaz para aparecer o teclado onde você vai escrever o texto que desejar. Claro, que primeiro vai deletar essa frase acima (“duplo tap…). Após digitar o texto clique em “aplicar” e o texto já vai pro cartaz. Como no caso da foto, você pode com o dedo arrastar o texto e colocar no lugar do cartaz que você deseja. Uma dica: Se você quer colocar frases (textos) em diferentes lugares do cartaz, você deve fazer as frases ou textos separadamente, assim você pode arrastar cada uma isoladamente. No nosso caso, eu fiz o texto “parem a perseguição”, apliquei e arrastei para o topo do cartaz, depois repeti o processo com o texto “Lula Livre” e coloquei embaixo. Observe que as opções de letras (design das letras) está embaixo na tela. Cada opção “poster” que você escolher, seu texto muda o jeito das letras. Escolha o que achar mais adequado.  O tamanho: mexa na bolinha prá direita ou esquerda que o tamanho aumenta ou diminui. Cor do texto: clique na roda colorida, escolha a cor, clique em “completo” e verá como ficou o texto naquela cor. Se não gostar, repita o procedimento.  Outros ajustes: aperte o iconezinho “ooo” e poderá escolher negrito, centralizar o texto.

Ficou como você queria?  Clique em aplicar e em seguida no “V” lá em cima. Surge a opção “exportar para a galeria”. Ok, exporte. E da galeria, é só enviar pelo Zap para o Brasil e para o mundo.

Mesmo com tudo assim mastigado, ainda está achando difícil? Veja se seu filho, neto, amigo não lhe ajuda. Em último caso, pague 100 reais para um desses craques que sabem tudo lhe ensinar. Pode ser que existam outros métodos de fazer esses cartazes para o Zap até mais fáceis que esse com o Poster Maker. Como foi este o primeiro que aprendi, é o que compartilho. A democracia vale o sacrifício. Nosso cartaz é aquele no início do texto. Outros exemplos:

 

É importante alguns dos cartazes terem letreiros em inglês para auxiliar na campanha internacional. A força de uma imagem é muito grande. Essa sequência de imagens com Lula abraçando o povo, sendo abraçado, beijando, sendo beijado, demonstra o quanto é querido. Esmaece, para o observador estrangeiro, aquela aura de “ladrão” que a mídia quis pregar nele.

Favorece também a campanha pelo prêmio Nobel.

Por favor, por último, leiam esse meu texto https://jornalggn.com.br/blog/zegomes/por-que-haddad-se-recusou-e-a-esquerda-se-recusa-a-falar-sobre-seguranca-publica  que fala de um aspecto esquecido da realidade brasileira, que, se continuar esquecido, pode fazer que continuemos a perder eleições. Acho que nesse texto eu consegui enquadrar melhor o assunto que em outro texto anterior, menos elaborado, e pelo qual fui quase linchado pelos “leitores”, kkkkk: https://jornalggn.com.br/blog/zegomes/nao-cometa-suicidio-esquerda-1%C2%BA-passo-a-seguir-por-zegomes

O texto ficou muito grande. Vamos deixar a parte de edição de vídeos para outro post.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora