MAB publica dossiê sobre o crime da Vale em Brumadinho

O dossiê tem por objetivo fazer a denúncia do crime da Vale sob a ótica dos trabalhadores

do Movimento dos Atingidos por Barragens – MAB
MAB publica dossiê sobre o crime da Vale em Brumadinho

No dia em que se completa um mês do crime da mineradora Vale no rio Paraopeba e na bacia do rio São Francisco, após o rompimento da barragem de Córrego do Feijão em Brumadinho (MG), o Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) publica um estudo sobre o crime. O dossiê tem por objetivo fazer a denúncia do crime da Vale sob a ótica dos trabalhadores.

Nós, atingidos por barragens, que sofremos na pele a recorrente violação de direitos, também denunciamos a destruição e a apropriação de bens naturais, a exploração dos trabalhadores e o desrespeito às comunidades por parte das grandes empresas para a geração de lucros extraordinários.O MAB continuará a denunciando esses crimes e lutando pelo direito dos atingidos por barragens em todo o Brasil.

Água e Energia com soberania, distribuição da riqueza e controle popular!

O dossiê completo está disponível aqui:

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Guedes promete privatizar 17 estatais em 2019, e Correios está na lista

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome