Ministério da Saúde confirma 132 casos suspeitos de coronavírus no país e antecipa campanha de vacina contra gripe

Secretário executivo do Ministério da Saúde, João Gabbardo, afirmou que o número de casos suspeitos deve ser ainda maior

Foto: AP Foto/Andre Penner

Jornal GGN – O último boletim do Ministério da Saúde confirmou nesta quinta-feira, 27 de fevereiro, 132 casos suspeitos de coronavírus espalhados por todo país. Com o aumento de possíveis novas infecções, a campanha de vacina contra gripe foi antecipada para 23 de março. 

Na quarta-feira, 26 de fevereiro, as autoridades confirmaram o primeiro caso positivo de coronavírus no Brasil. O paciente é homem de 61 anos, que mora em São Paulo e veio há poucos dias da Itália, país que enfrenta um surto da doença. 

Segundo informações do Correio Braziliense, o secretário executivo do Ministério da Saúde, João Gabbardo, afirmou que o número de casos suspeitos no Brasil deve ser ainda maior, já que outras 213 notificações estão em análise.

“Esses casos em análise podem ser considerados suspeitos, mas também podem ser descartados. Por isso, acreditamos que esse número pode ser ainda maior. Acho que estamos perto de 300 casos suspeitos“, disse.

Com o aumento do número de casos suspeitos de coronavírus, o Ministério da Saúde decidiu antecipar em todo pais a campanha de vacina contra a gripe, que deve começar em 23 de março, 23 dias antes do previsto.

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, explicou durante coletiva de imprensa que a medida é importante frente à nova epidemia. “A vacinação contra gripe é um instrumento importante nesse momento porque você diminui o espiral de epidemias desses outros vírus que podem ocorrer e confundir a população”.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome