Moro “canalha”, Bolsonaro “governa para milicianos”: Lula de volta ao ringue

"A gente não pode permitir que milicianos acabem com o País que construímos", diz ex-presidente em ato no Sindicato dos Metalúrgicos, em SP

Jornal GGN – Lula começou, por volta das 15h deste sábado (9), a fazer o primeiro discurso à Nação, no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo (SP). Apenas um dia depois de ser solto, o ex-presidente voltou ao ringue político batendo pesado no governo Bolsonaro e nos seus algozes, em especial o ex-juiz Sergio Moro e o procurador da Lava Jato, Deltan Dallagnol.

Lula não usou meias palavras: disse que o mandato de Jair Bolsonaro precisa ser respeitado, mas que ele tem governado para atender interesses da elite financeira e dos “milicianos do Rio de Janeiro”.

Já Moro foi chamado de “canalha” e mentiroso, e Dallagnol, de “líder de uma quadrilha” que tenta assaltar a Petrobras e outras empresas investigadas na Lava Jato. “Ele não representa o Ministério Público, que é uma instituição séria”, disparou. O ex-presidente fez alusão à fundação que os procuradores de Curitiba tentaram criar usando R$ 2,5 bilhões provenientes de uma multa da Petrobras nos EUA.

Sobre Bolsonaro, Lula arrematou gritos e aplausos quando disparou: “Veja, esse cara foi eleito. Nós aceitamos o resultado das eleições. Mas ele foi eleito para governar para o povo brasileiro, não para governar para os milicianos do Rio de Janeiro.” O petista defendeu investigações independentes para apurar as circunstâncias da morte de Marielle Franco e a ligação dos Bolsonaro com as milícias.

Lula ainda disse que Bolsonaro nunca trabalhou sério na vida. Que, enquanto deputado, tampouco fez oposição aos governos do PT e ilude o povo com supostas “conquistas” econômicas que não têm impacto na vida dos mais pobres. Ao mesmo tempo, acaba com aposentadorias, inventa uma carteira de trabalha verde e amarela que acabará com direitos e não se preocupa com dados alarmantes, como o fato de que metade da população vive com R$ 413,00 por mês.

Leia também:  Lula não está convencido sobre possível liberdade

Lula também afirmou que o ex-presidenciável Fernando Haddad (PT) teria sido eleito se não tivesse sido vítima da campanha difamatória que parte da mídia e o bolsonarismo deflagaram contra o candidato e as esquerdas, usando fake news em massa.

Ao lado de lideranças do PSOL como Guilherme Boulos e Marcelo Freixo, e de membros do PCdoB, Lula disse que está de volta à política com disposição de um jovem de 30 anos e “tesão de 20”, apesar de estar com 74. Afirmou que a “esquerda” precisa se preparar para retornar ao poder em 2022, derrotando a ultra-direita, e para isso precisa incentivar o Brasil a seguir o exemplo de resistência de outros países da América Latina, como o Chile.

“Nós só iremos salvar esse País se a gente tiver coragem de fazer um pouco mais. Estamos vendo o que está acontecendo no Chile. O Chile é o modelo de País que o Guedes quer construir. A aposentadoria no Chile faz as pessoas morrerem sem salário. É por isso que
as pessoas estão nas ruas, porque o governo eleito não é eleito para destruir, mas para governar.”

De sua parte, afirmou que Haddad, sindicalistas e outras lideranças precisam se preparar para acompanhá-lo nas viagens pelo País, em contraponto às políticas econômicas de Paulo Guedes, sempre tomando o seu governo como exemplo do que seria a alternativa ao programa bolsonarista de retirada de direitos.

Imagens: Reprodução/TVTLula ainda saudou a oposição de esquerda no Uruguai, Argentina, Bolívia. E falou que na Venezuela, a soberania deve ser respeitada, por mais crítico que possa ser o governo Maduro. “Temos que ser solidários à Venezuela. É normal ter críticas a qualquer governo do mundo. Mas quem decide os problemas de um país é o povo de seu país. Que o Trump cuide dos americanos e não encha o saco dos latino-americanos. Ele não foi eleito para ser o xerife do mundo”, comentou.

Leia também:  Gilmar sinaliza que Congresso não pode mudar Constituição por prisão em 2ª instância

O ex-presidente afirmou também que o jornalismo da Rede Globo, Record e SBT é uma vergonha, e prometeu fazer um novo pronunciamento à Nação nos próximos 20 dias.

Em resposta, a Rede Globo afirmou que é isenta em relação a Lula. Prova disso é que transmitiu o discurso do ex-presidente no Sindicato e é atacado pelos dois “extremos” da política – PT e PSL.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

3 comentários

  1. É por isso que eu sou 100% Lula! O verdadeiro herói nacional! O ex-Presidente Lula é, sem dúvida, o maior líder político deste país. O maior e o melhor Presidente da República que este país já teve! Lula tirou mais de 36 milhões de famílias da condição de extrema pobreza e, por isso, ele é reconhecido e respeitado, nacional e internacionalmente. Lula é um ser humano fantástico! Lula é genial!!! O ex-Presidente Lula é um político bastante experiente, inteligente, honesto, humano, sensível às necessidades do povo brasileiro, e que gosta de gente como a gente! Lula é um excelente articulador político! Sabe fazer política como ninguém faz neste país! É de família extremamente humilde, daqui do Nordeste. Nasceu no agreste de Caetés, no município de Garanhuns/PE, onde trabalhou na lavoura com a sua família. Aos 15 anos de idade, retirou-se com toda a sua família para São Paulo, num caminhão pau-de-arara, fugindo da seca no Nordeste para escapar da fome e da sede, razão pela qual ele fez, quando Presidente da República, a transposição do Rio São Francisco para matar a sede dos nordestinos, mas fê-la com muita dificuldade, em virtude de problemas com o IBAMA, e por causa dos embargos judiciais, que foram muitos, em decorrência dos impactos ambientais. Um projeto de D. Pedro II, que nunca saiu do papel. Foi preciso um retirante da seca no Nordeste chegar Lá, para que esse projeto secular saísse do papel e se tornasse uma realidade, e matar a sede dos nordestinos com as águas do Rio São Francisco. Em São Paulo, Lula fez um curso de Torneiro Mecânico no SENAI, o mesmo curso que eu e mais dois irmãos meus fizemos no SENAI de Campina Grande/PB. Lula trabalhou como operário metalúrgico, aprendeu a fazer política no chão da fábrica, tornou-se líder sindical, foi Presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC paulista, foi o Deputado Federal Constituinte mais votado do Brasil, e chegou ao cargo mais alto, o de Presidente da República, e governou o país por dois mandatos consecutivos, depois de ter sido derrotado três vezes por dois Fernandos, sendo uma vez pelo caçador de “maracujá”, Fernando Collor de Melo, e, duas vezes pelo Prof. Fernando Henrique Cardoso. O importante é que Lula, que havia fugido da seca no Nordeste para escapar da fome e da sede, foi insistente, persistente, e não desistiu. Lula estudou, planejou, desenhou, pavimentou, e trilhou, honestamente, o caminho da vitória e, com sua perspicaz habilidade, driblou a elite burguesa brasileira e, finalmente, Lula fez gol de placa, e chegou Lá! E chegou, chegando, no centro poder da República! Que maravilha!!! Lula governou o país por dois mandatos consecutivos, e, com absoluto sucesso! Uma explosão de progresso, de exportações, de mais entrada de dólares no país, de crescimento econômico, de geração de emprego e renda, o mundo querendo os produtos brasileiros: soja, minério, frango, aviões… Era tanto progresso, que assombrou o mundo! Quem não se lembra disso?!!! Lula governou para todos os brasileiros, indistintamente, mas, com um olhar para os mais pobres, os mais humildes, e os mais necessitados! Lula foi o Presidente que mais fez pelo Brasil. Construiu Escolas Técnicas, Universidades Federais, implementou o Programa Minha Casa Minha Vida, o SAMU, o FIES, o PROUNE, os Programas Luz para todos, Ciência Sem Fronteiras, o Programa Fome Zero, o Pronatec, Farmácia Popular, ampliou o Bolsa família, fez a Transposição do Rio São Francisco, etc. etc. Lula deixou a Presidência da República com uma avaliação popular positiva de 87%, e um trilhão e seiscentos bilhões de dólares em caixa para o próximo governante, seja lá quem fosse, e, ainda, pagou a dívida externa deixada pelo Governo Militar. Lula foi um Presidente da República Nota 10! Será por isso, que a Globo e a direita têm tanto medo de Lula?!!! Ele vai voltar! E, novamente, Lula Lá! E o Brasil feliz de novo! Se Deus quiser!!! As condenações, sem provas, e a prisão do ex-Presidente Lula é uma grande injustiça! É a maior aberração do judiciário brasileiro! Nós, a maioria do povo brasileiro, rogamos aos eminentes ministros do Supremo Tribunal Federal, a mais alta corte de justiça deste país, que anulem as condenações, sem provas, do ex-Presidente Lula; que libertem-no da prisão, e devolvam o homem do povo de volta aos braços do povo, para a pacificação do país, para o bem do Brasil, e para a felicidade geral da nação! Ele merece, e o povo agradece! Viva o ex-Presidente Lula, o eterno Presidente da gente, e do meu coração!!! (Poeta nordestino, de Sousa, no Sertão da Paraíba)🤣🤣🤣🤣💪👆👆

  2. Lula deveria:
    Usar um colete a prova de balas e falar menos. O “silêncio é de ouro”.
    Muita fala é boa para matérias de jornais mas, não traz tantos benefícios.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome