Mortes por coronavírus podem triplicar em SP antes da abertura de comércios

As projeções apontam que, até 3 de maio, São Paulo pode saltar dos atuais 1.134 mortos por coronavírus para 2.900

Jornal GGN – Pelos dados oficiais disponibilizados pelo próprio governo de São Paulo, o número de mortes por coronavírus no Estado pode triplicar antes mesmo da flexibilização da quarentena sair do papel. É que o destaca o El País desta quinta (23).

Na coletiva de imprensa do dia 22 de abril, o governador João Doria afirmou que anunciará, em 8 de maio, a retomada de alguns setores da economia que foram suspensos nas últimas semanas. Ainda não há detalhes de quais tipos de comércios deverão voltar a funcionar primeiro. O tucano destacou que tudo depende de dados técnicos e científicos.

As projeções apontam que, até 3 de maio, São Paulo pode saltar dos atuais 1.134 mortos por coronavírus para 2.900, mantendo o índice de isolamento atual, que gira em torno de 50%. Do contrário, o número de óbitos pode chegar a 3.200, ou três vezes mais do que agora.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Sequela pós-COVID é real, frequente e vai ser uma carga para o sistema de saúde, diz especialista

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome