MP pede ao TCU investigação de licitação de carros blindados de Ricardo Salles

A licitação, com edital publicado em 1 de junho, deve custar mais de R$ 1 milhão aos cofres públicos

Ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles. | Foto: José Cruz/Agência Brasil

Jornal GGN – O Ministério Público de Contas e o Tribunal de Contas da União (TCU) irão investigar as irregularidades de uma licitação para locação de carros blindados feita pelo ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles.

A licitação, com edital publicado em 1 de junho, deve custar mais de R$ 1 milhão aos cofres públicos. Os automóveis de luxo seriam para o uso próprio de Salles.

O subprocurador-geral Lucas Rocha Furtado, atendeu a denúncia do deputado federal Nilto Tatto (PT-SP) e encaminhou o pedido ao presidente do TCU, José Múcio Monteiro. 

Furtado apontou que “há o risco de o ministro do Meio Ambiente ter incorrido em flagrante desvio de finalidade pública, utilizando-se indevidamente de seu cargo para interesse pessoal ao realizar licitação para locação de carros blindados, situação a demandar notoriamente a atuação do órgão de controle externo, no intuito de apurar eventual prejuízo ao erário”.

Para Nilto Tatto “A previsão orçamentária para o enfrentamento ao desmatamento do Ibama é de apenas R$ 70 milhões para este ano. Um edital de licitação para aluguel de veículo é uma afronta neste momento de crise e de pandemia. Enquanto o Brasil está preocupado com desmatamento recorde na Amazônia o ministro prioriza aluguéis de veículos”.

No início deste mês, a Justiça de São Paulo quebrou o sigilo bancário do escritório de advocacia de Ricardo Salles, em sociedade com sua mãe, Diva Carvalho de Aquino. 

A investigação apura o salto de patrimônio de Salles, que passou de R$ 1,4 milhão para R$ 8,8 milhões entre 2012 e 2018, período em que foi secretário do então governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB). 

Com informações do jornal Estado de S. Paulo.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  João Pedro Stédile é o entrevistado da live das 15h, nesta quinta (6/8)

2 comentários

  1. Esse bandido é o próximo que, se não fugir com o rabo no meio das pernas, vai pegar uma cana. Será que destruir a floresta em troco de 30 dinheiros vale tudo isso?

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome