No Canadá, fábrica de travesseiro de cachorro vai produzir máscaras N95

A fábrica deverá ter capacidade para produzir 100 mil máscaras diariamente, por máquina

Jornal GGN – O jornal Vancouver Sun conta besta terça (7) a história de um empresário que decidiu transformar sua fábrica de travesseiros e cama para animais de estimação numa produtora autorizada de máscaras do tipo N95, utilizadas como equipamento de proteção individual por equipes de saúde.

Em meio à pandemia de coronavírus, o item começou a ficar escasso no mundo e os governos passaram a incentivar a produção interna.

De acordo com a reportagem, o empresário pagou 600 mil dólares em dinheiro por duas máquinas adquiridas de pequenos fabricantes na China. Para uma delas chegar à fábrica canadense, por causa do fechamento de fronteiras aéreas, foi necessária a ajuda de autoridades do governo.

A fábrica deverá ter capacidade para produzir 100 mil máscaras diariamente, por máquina. O governo canadense já encomendou 500 mil, e o empresário pretende ter condições de exportar o produto depois de atender a demanda interna.

Confira mais aqui.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Coronavírus: Hamilton Mourão testa negativo para covid-19

1 comentário

  1. Agora até o sono dos peludinhos fica comprometido. E enquanto isto a China vai continuando à frente de tudo e bem mais apta aos próximos movimentos da economia mundial. É capaz até que usem o discurso ambiental para tentar barrar os asiáticos. Vai ser bastante difícil para a sociedade e principalmente a elite americana aceitar, depois do baque que será nesta pandemia, que a China assuma o protagonismo que vai despontando. E o Brasil pré-bolsonarismo que estava integradíssimo aos BRICS, se entregou ao obscurantismo Olavo-Trump.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome