Novo auxílio emergencial começa a ser pago em 6 de abril

Com valor reduzido mais que a metade, o auxílio será pago em quatro parcelas, nos valores de R$ 150, R$ 250 ou R$ 375, de acordo com a família, limitado a um benefício

Aplicativo auxílio emergencial do Governo Federal | Divulgação

Jornal GGN – O governo federal anunciou nesta quarta-feira, 31, o calendário oficial de pagamento da nova rodada do auxílio emergencial, benefício cedido às famílias de baixa renda em decorrência da crise sanitária da Covid-19. Os pagamentos começaram a partir da próxima terça-feira, 6, por meio das contas digitais na Caixa Econômica Federal. 

Com valor reduzido mais que a metade, o auxílio será pago em quatro parcelas, nos valores de R$ 150, R$ 250 ou R$ 375, de acordo com a família, limitado a um benefício.  

Os pagamentos serão feitos conforme a data de nascimento do beneficiário. Aqueles que fazem parte do Bolsa Família receberão o auxílio de acordo com o último dígito do Número de Identificação Social (NIS).

Devem ser beneficiadas 45,6 milhões de pessoas, 22,6 milhões a menos do que no auxílio emergencial de R$ 600, pago entre o ano passado e janeiro deste ano, que contemplou 68,2 milhões de pessoas. 

Ainda, só vai receber o novo auxílio quem já recebeu no ano passado e já está inscrito nos cadastros públicos usados para a análise dos pedidos. Além disso, o beneficiário precisa ser desempregado ou trabalhador informal, com renda familiar mensal de até três salários mínimos (R$ 3.300) e renda familiar por pessoa de até meio salário mínimo (R$ 550).

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora