O Conde de Montecristo do Carandiru

 

Utilidade (quase) pública

Estou tentando ajudar um senhor a resgatar a própria memória e imaginei que alguém aqui talvez possa ajudar. Não que ele esteja senil ou tenha qualquer tipo de incapacidade. Está apenas velhinho e recusa-se a usar o computador. Trata-se de um médico psiquiatra, que esteve preso no Carandiru, em setembro de 1963. Quer saber a data (ou período) exata em que esteve lá. Ele me deu nome completo, RG e CPF. Mas, como o primeiro nome dele é bem incomum, imagino que para o momento seja suficiente: Ideval.

Ele fala com muito orgulho deste e de outros encarceramentos…Alguém lembra dele? Alguém pode me sugerir um link?

Agradeço qualquer dica. 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora