O decreto salão de beleza é a desmoralização final dos generais de Bolsonaro

Por tudo isso, o decreto mostra que Braga Neto não representa nem as Forças Armadas, nem a racionalidade, nem a dignidade do cargo. É apenas um convalidador das loucuras de Bolsonaro.

O general Braga Neto foi indicado Ministro-Chefe da Casa Civil de Jair Bolsonaro trazendo como fator de legitimação a promessa de manter o presidente sob controle. Pela Casa Civil passam todos os decretos do Presidente, para análise de legalidade jurídica e oportunidade política. Depois, presumivelmente assumiu o comando do Grupo de Trabalho incumbido de coordenar os esforços do governo na guerra contra o coronavirus.

Por Braga Neto passou o decreto de Jair Bolsonaro, considerando como essenciais as atividades de academias de esporte, salões de beleza e barbearias.

O decreto é inócuo, porque, segundo o Supremo Tribunal Federal, decisão de liberação é dos governadores e prefeitos. O decreto mostra total descoordenação do governo, porque pegou de surpresa o próprio Ministro Nelson Teich.

Não apenas isso. Coube a Braga Neto a ordem de substituir a equipe técnica do Ministério da Saúde por militares sem um pingo de experiência na área. No dia a dia, é a pessoa que coordena – junto com outro general, Luiz Carlos Ramos – as indicações do centrão para cargos no governo.

Por tudo isso, o decreto mostra que Braga Neto não representa nem as Forças Armadas, nem a racionalidade, nem a dignidade do cargo. É apenas um convalidador das loucuras de Bolsonaro.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Governo Bolsonaro exonera secretário adjunto de Regina Duarte

26 comentários

  1. Até que enfim! Parece que agora caiu a ficha do que dizíamos lá atrás:Que os milicos quando muito seriam o para-choque do ocupante da presidência da República.
    Também, com alívio, vejo que começam a desmistificar essa questão do racionalismo desses azeitona.
    O Brasil não tem militares. Tem milicos!

    59
    • Vladimir: não seja cruel. Os VerdeSauvas são “militares”. Terceirizados sim, mas “militares”. Pois até batem continência à BandeiraAmericana. A Pátria deles é que é outra, noutra geografia. Aqui em Pindorama, no QuintalDaAmérica, tomaram a missão de guardar e proteger para os de cima. E vêm, há mais de 100 anos, fazendo progresso no resguardo. Principalmente depois do estagio no Haiti, onde aperfeiçoaram o atendimento ao público. Aqui e ali surge um com dotes morais e vontade de Nação. Mas são logo “eliminados” (extensivo a familiares, como a filha do Lott). Viu o rol lançado no tempo da DitaMole? Como na música, “botô bronca foi pro brejo” (“A Perereca”). Por isto, sinto contradizê-lo. Mesmo de terceira, são militares…

      20
      1
  2. Efeito China pós Hong Xiuquan e seus Taiping.
    Meus temores cada vez mais se confirmam; minhas esperanças cada vez mais se desvanecem.

    13
    1
  3. Generais de Bolsonaro? Não, das Forças Armadas brasileira. Um bando de ignorantes formados sob a ideologia da Escola das Américas. Como não foram devidamente acusados dos crimes contra a humanidade que cometeram durante o regime militar continuam a duelar feito Dom Quixote com os moinhos de vento da Guerra Fria. São anti patriotas, ignorantes e pequenos ditadores que se submeteram a um capitão atrás de propinas e ladroagens. Que exército é esse que permite subordinados roubando 600 reais dos famintos do país? Para onde se olha nesse país se vê as instituições em ruína.

    70
    1
  4. Ao contrário do que a mídia propagou a época, o general da casa civil não comanda o país, nem os outros generais. São apenas meros cerimbadores das loucuras de um irresponsável. São graças a eles que o bolsonaro se sustenta. Afinal, a democracia é mera concessão do poder armado, para eles.

    23
    1
  5. Até onde sabemos, o Presidente da República é o bozo. No passado ameaçou explodir bombas em quartéis, na condição de soldado. As forças armadas viraram de vez um partido político, não dá mais para disfarçar. O Brasil caminha para ser uma grande Colômbia, piorada, cujo comando poderá estar dividido entre policiais militares, coronéis, capitães, generais, milícias, traficantes de drogas, pastores evangélicos e, claro, os plutocratas.

    29
  6. Os militares brasileiros ou estão no haiti torturando, estuprando e assassinando a população local, ou estão no Brasil fazendo o mesmo.
    Alem de trair a patria doando nossos ativos, roubam os 600,00 do auxilio emergencial

    Ladrõezinhos de merda

    33
    1
  7. E o irresponsável não para de cometer suas tolices. Em plena quarentena, se acerta com um padreco irresponsável que amontoam crianças para fazer a campanha ideológica desta gente. Uma criança que certamente não faz a menor ideia do que seja ideologia de gênero, ficou na porta do Alvorada, uma grudadinha na outra e uma pequena foi ao colo do irresponsável. Precisa cobrar da igreja e do padre tal gesto sem noção.

    Padre leva crianças para cantarem para Bolsonaro na porta do Alvorada
    https://revistaforum.com.br/politica/bolsonaro/video-padre-leva-criancas-para-cantarem-para-bolsonaro-na-porta-do-alvorada/

    13
  8. José Dirceu estava certo. Os milicos estão gostando do poder. Vão sustentar o dito cidadão e fazer tudo para se manterem no poder. Seguir a risca a agenda USA/CORPORAÇÕES/MERCADO/. Se acompanharem a linha ideológica da ultradireita norte americana aqui como na europa estão seguindo e cumprindo o receituário. Esta ideologia está sendo assimilada e aplicada com extrema facilidade por aqui. Por exemplo,há na mídia norte americana tratados abordando o meio ambiente como um agente maléfico ao ser humano e que precisa ser “controlado”. Deste ponto de vista justifica-se todo o processo predatório, desde desmatamento, queimadas, extermínio de espécies e populações, minerações ilegais, posses e outras ações.
    O caso descrito acima na reportagem é somente uma nuance do quadro que está se impondo aqui. Não existe freio como constituição se os “atores do espetáculo” não a respeitam. Reverter isso somente quando um deles se sentirem prejudicados ou se o caos definitivamente vier a acontecer. O golpe iniciou antes de 2016 e permanece. Falharam em investir na inteligência e num círculo de proteção. Chamaram o inimigo para “dormir junto” e puseram para a rua os parentes. Todos foram convidados para a festa pensando que todos ficariam felizes e amigos, mas esqueceram que na “savana” na hora que o “estômago ronca”, a “minha alcateia” é a que importa. Efeito caranguejo – um passo pra frente dois pra trás.

    11
  9. Negócio seguinte, soldado tem de manter cabelo aparadinho, ter obediência a comando e corpo em forma – barbeiro, ordem unida e ginástica.
    Foi apenas uma extensão.

  10. As mulé de milico não aguentavam mais verem os cabelos pretos e cacheados aparecerem.
    República de bananas é um título ainda muito suave para o Brasil. Eles estão roubando até o benefício dos lascados. Aí final não haverá nem porta para fechar nem luz para apagar.

  11. “Por tudo isso, o decreto mostra que Braga Neto não representa nem as Forças Armadas, nem a racionalidade, nem a dignidade do cargo”.

    Braga Neto representa, sim, as FFAA. De que racionalidade falamos? Há várias definições pra coisa, o próprio Max Weber trata bastante sobre o tema.

    No geral ‘Racionalidade’ significa “adotar os meios mais eficazes para atingir objetivos; acertar sistematicamente”.

    Acho os milicos bem racionais: Estavam sedentos de poder, de se lambuzar com o poder que perderam sistematicamente no pós-golpe/64, se aproveitar dos altos salários, benesses, privilégios e otras cositas más provenientes dos cargos públicos – suas senhoras agradecem! -, e chegaram lá. Miraram, apontaram e acertaram o coração do poder.

    Servir o país? Qual o quê… melhor se servir dele.

    Vão largar o osso?

    Hmmmmm.

    15
  12. “Por tudo isso, o decreto mostra que Braga Neto não representa nem as Forças Armadas, nem a racionalidade, nem a dignidade do cargo. É apenas um convalidador das loucuras de Bolsonaro.” Me perdoem, mas Bolsonaro é um legítimo representante dessa ralé de boçais ignorantes e parasitas que são as forças armadas. Não passam de macacos fardados .

  13. O grande responsável por “bolsonarizar” o Exército foi o ex-comandante e hoje inválido general Villas Boas, um reacionário que revivificou de certa maneira o ativismo político dos militares.
    Nesse mister foi além, chegando a ameaçar de forma velada a Suprema Corte do paí no episódio envolvendo a soltura de Lula.
    Em nenhuma Democracia digna desse nome militares se imiscuem em governos. Tal contrafação só se dá nas periferias, nas republiquetas. Até mesmo porque não tem o mínimo preparo para tal mister, além do que, por deterem o domínio e a exclusividade da força, institucionalmente jamais podem concorrer com o Poder Civil.

  14. Sempre digo, quem tem respeito e amor próprio não se junta a essa trupe de malucos que se diz governo…..quem está lá não merece a consideração do povo……

  15. Salão de beleza e academia são sim, de primeira necessidade.
    Melhor falecer bonito e bombado do que encolhido, asfixiado feio, barbudo, fraco e de cabelo branco. Junto com a fixação em papel higiênico, o cuidado em não morrer cagado e ser um defunto bonito ( que ninguém vai ver e nem poder chegar perto ) devem ter prioridade.
    Coisas do bozo.

  16. Sinto discordar… Creio que o General represente sim as Forças Armadas, até entendo a necessidade de não se criar uma hostilidade generalizada contra, tanto por razões da importância para o país quanto de perigo ao regime democrático mesmo, mas o que os fatos têm mostrado ao longo dessa louca aventura liberal chamada governo Bolsonaro é que as FAA’s, não só não superaram os seus vícios históricos como dobraram a aposta e se tornaram o bastião de defesa da irracionalidade e do culto a morte do Mercado e dos Bolsonaros…
    Se tem orelha de burro, pata de burro, pelo de burro e urra feito um só pode ser um burro, assim são as Forças Armadas.
    Lamentavelmente

  17. Já estamos em um regime militar, eles estão em todos os setores do governo, conspiraram e venderam o país que juraram defender para tornar esse governo possível, estão novamente se lambuzando nas delícias do poder após 36 longos anos de abstinência, o que falta agora é o poder absoluto que antes detinham e para isso só é preciso um cabo, um soldado e um jipe, e esse momento está chegando pois quando tirarem o Bozo assume o general que já deu todas as demonstrações do apreço que tem pela democracia.

  18. Discordo. Ele é um representante fidedigno das lastimáveis forças armadas brasileiras, que nunca fez ou foi levada a fazer sua autocrítica pelo regime de 64-85, sem o quê jamais terá minha confiança que eu tanto gostaria de depositar, por ser quem a sociedade armou para protegê-la e não torturá-la e tiranizar. Forças armadas do quinto maior país do mundo e que são desavergonhadamenteentreguistas. Um desastre para uma instituição que já teve Lott e tantos verdadeiros heróis. Mas estes foram mortos ou expulsos pela “gloriosa”. Aponte-me um general justo. Isso é impossível, pra esses que foram educados louvando (ao invés de arrependendo-se de) o golpe de 64.

  19. Todos nós pensamos que estes generais de palácio viria trazer algum controle do bozo.
    Mais uma das centenas de decepções.
    Já se sabia que quando militar é um desastre em função política, mas desta vez é em bloco e desastrada, irresponsável, para dizer o mínimo.
    Que desastre foi o golpe!

  20. Todos, absolutamente todos, se esquecem de quem paga FARDAS, ARMAS, MUNIÇÕES, ALIMENTAÇÃO, SOLDOS, ETC., somos nós, povinho brasileirinho (assim mesmo, no diminutivo).

  21. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome